Distribuição do dinheiro

Cada município do Tocantins receberá fatia de R$ 1,02 milhão do empréstimo do Governo

Por Redação AF
Comentários (0)

24/08/2017 10h56 - Atualizado há 1 mês
Dezenas de prefeitos de todas regiões do Estado do Tocantins se reuniram nesta quarta-feira (23), no auditório da Assembleia Legislativa, em Palmas, onde participaram do anúncio da distribuição de parte dos recursos do empréstimo de R$ 453 milhões pleiteados pelo Governo do Estado junto à Caixa Econômica Federal. Serão distribuídos R$ 1.02 milhão (um milhão e vinte mil reais) a cada um dos 139 municípios. De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Carlesse, foi definido, por unanimidade entre os deputados, que todos os municípios do Estado receberão mais de R$ 1 milhão para obras de infraestrutura. “R$ 50 milhões são provenientes do dinheiro que seria destinado para construção do anexo do próprio Legislativo, mas após uma discussão entre todos os deputados, definimos cortar na própria carne e doar esse dinheiro para os municípios” anunciou. O secretário do Planejamento, Davi Torres, disse que a proposta inicial da contração do empréstimo partiu da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - órgão ligado ao Ministério da Fazenda responsável pela regulação das operações de créditos dos Estados. Segundo ele, isso demonstra que o Estado tem capacidade de honrar o compromisso e garantir que os benefício chegue até os municípios, como quer a Assembleia e as prefeituras. O secretário ressaltou que “investimento em infraestrutura dá retorno”. Ele garantiu que o Tocantins está enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal, e os pagamentos, embora mantidos com dificuldade, estão em dia. De acordo com o gestor, os prefeitos devem apresentar os projetos-base que julgarem mais prioritários aos seus municípios, no valor de até R$ 1,02 milhão. “Há um prazo para a aprovação do empréstimo, que inclui carta-consulta, pareceres técnico e jurídico, apresentação de cronograma de pagamentos e análise da STN. Se tudo der certo e o projeto for aprovado logo, em fevereiro ou março do ano que vem já poderemos iniciar as obras”, estimou Torres. Para a superintendente regional da Caixa Econômica Federal (CEF), Silvia Peloso, “esse milhão não vale só um milhão. Vale muito mais pela atividade econômica que impulsionará nos municípios”.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.