Projeto aprovado

Câmara aprova exigência de tradutor de Libras nos órgãos públicos de Araguaína

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

15/03/2018 11h02 - Atualizado há 1 mês
A Câmara de Araguaína aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (13), o Projeto de Lei do vereador Marcus Marcelo (PR) que torna obrigatória a existência de um servidor nas repartições públicas municipais que esteja apto a comunicar-se por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O projeto nº 007/18 foi aprovado em primeira votação. A norma acrescenta o parágrafo único nos artigos 1° e 2° da Lei n° 2.766/2011 que dispõe sobre a oficialização do ensino da Libras no âmbito do Município. De acordo com o vereador Marcus Marcelo, a presença de um funcionário apto a comunicar-se por meio da Língua Brasileira de Sinais nas repartições públicas é de grande importância, pois assim haverá comunicação. O vereador acrescentou ainda que a Câmara vem fazendo o seu dever de casa, uma vez que abriu vaga para tradutor de Libras quando realizou o concurso público. “Vejo a necessidade de termos um profissional com essa competência nas repartições públicas do município para melhorar o atendimento. Observo a dificuldade que passa as pessoas com deficiência auditiva e essa medida não vai gerar gastos para o município, pois a secretaria de Educação Municipal tem pessoas com essa competência para treinar outros servidores”, disse Marcus Marcelo.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.