O povo tem memória curta

Deputados esperam a poeira baixar para concluir retirada dos R$ 45 milhões de Araguaína

Por Redação AF
Comentários (0)

06/09/2017 08h59 - Atualizado há 1 mês
Salvos pelo feriadão! Os deputados estaduais que votaram favorável à retirada dos R$ 45 milhões de Araguaína não imaginavam que a traição arquitetada na 'calada da noite' lhes causaria tantos dissabores e uma chuva de críticas. A manobra foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas ainda passará pela votação em plenário. Com a reação popular imediata, principalmente nas redes sociais, a Assembleia Legislativa cuidou de esconder e manter sob o mais absoluto sigilo os nomes dos deputados que assinaram a emenda coletiva que prejudicou a duplicação da rodovia TO-222. Havia expectativa de que os pedidos de empréstimo do Governo do Estado fossem votados em plenário nesta terça-feira (4), quando, finalmente, seria revelada a identidade dos ‘traidores’. Contudo, muitos parlamentares viajaram, inclusive o presidente da Casa, deputado Mauro Carlesse (PHS). No retorno do feriadão, os deputados esperam que a poeira tenha baixado e, assim, possam dar os próximos passos para retirar, em definitivo, os R$ 45 milhões de Araguaína. Uma fonte confidenciou ao AF que os deputados se sentiram pressionados e temem que isso tenha repercussão negativa nas eleições 2018. A fonte lembrou a frase do prefeito Ronaldo Dimas: "os votos também serão remanejados!". O feriadão veio em boa hora para os deputados, já que eles acreditam que o povo tem memória curta!

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.