Eleição Suplementar

Enfraquecido e sem nenhum prefeito, PSB de Amastha aposta todas as fichas na eleição de Lajeado

Amastha e Andrino estão batendo de porta em porta para pedir votos em Lajeado.

Por Nielcem Fernandes 1.060
Comentários (0)

18/11/2019 11h55 - Atualizado há 2 anos
Amastha corre atrás do prejuízo para eleger Bandeira em Lajeado

A pouco menos de um ano das eleições municipais de 2020, o ex-prefeito da capital e presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Carlos Amastha, tenta ganhar fôlego para colocar novamente a sigla em evidência no cenário político tocantinense.

Em suas redes sociais, o colombiano vem fazendo campanha em prol do candidato pessebista Júnior Bandeira, que disputa a eleição suplementar de Lajeado (TO). No ano passado, Amastha abriu mão de administrar a capital do Estado pelo sonho de ser governador.

Com eleições marcadas para o dia 1º de dezembro, Amastha e seu fiel escudeiro, o vereador de Palmas Tiago Andrino, estão apostando todas as fichas na eleição do que será, caso eleito, o único prefeito do partido. Inclusive, eles estão batendo de porta em porta em Lajeado.

Enfraquecido

Após a ascensão meteórica do partido em 2016, com a eleição de prefeitos em seis municípios tocantinenses, incluindo a reeleição de Amastha na capital, veio à queda.

Derrotado na disputa ao Governo do Estado, o colombiano viu o partido ruir com a desfiliação de todos os prefeitos eleitos em 2016.

Com a aproximação do pleito vindouro, o PSB precisa sacudir a poeira e consolidar suas bases pelo Tocantins. Caso contrário, será o esvaziamento total do partido.

Amastha e Andrino vão de porta em porta pedir votos em Lajeado
De casa em casa. PSB tentar ganhar fôlego com a eleição de Bandeira em Lajeado

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.