Quebra de braço

Governo articula contra Kátia Abreu na eleição da FAET e promete verba a sindicatos rurais

Por Redação AF
Comentários (0)

11/10/2017 15h55 - Atualizado há 5 dias
O Governo do Estado começou a se movimentar para fortalecer o grupo de oposição à senadora Kátia Abreu na eleição da presidência da FAET – Federação da Agricultura do Estado do Tocantins, marcada para o próximo dia 20. Abreu disputará a reeleição contra a chapa encabeçada pelo pecuarista Nasser Iunes, de Araguaína. Segundo apurado, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alexandre de Castro, teria convidado 13 presidentes de sindicatos rurais, que têm direito a voto, para uma reunião na cidade de Paraíso do Tocantins, nesta quarta-feira (11). Na pauta estaria a promessa de liberação de convênio no valor de R$ 100 mil a cada uma das entidades, para promoção de festas e feiras agropecuárias. A verba seria fruto do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE). Kátia Abreu disse que recebeu a denúncia de seis presidentes de sindicatos que foram convidados para a referida reunião. Para ela, o objetivo do Governo é 'condicionar o voto' em troca da liberação da verba. "Ele [Governo] quer me derrotar na FAET, pois eles acreditam que estariam me derrotando ao Governo do Estado. Não sou contra o governador fazer política, mas desde que não seja usando o dinheiro com desvio de finalidade", criticou a senadora. Para a parlamentar, o Governo esquece as prioridades do Tocantins enquanto tenta interferir na eleição da FAET. "Há tantas prioridades para serem cuidadas. Ele [governador] não tem foco, não tem senso de responsabilidade, age como se fosse um pai de família irresponsável", disparou Kátia Abreu.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.