Aulas suspensas

Vereador Gideon Soares discute retorno das aulas em Araguaína com gestores da educação

As aulas da rede municipal de Araguaína foram suspensas em março deste ano.

Por Márcia Costa
Comentários (0)

29/06/2020 10h45 - Atualizado há 1 mês
Vereador Gideon Soares

O secretário municipal de Educação, José da Guia, e o superintendente a pasta, Raylon Borges, estiveram na Câmara Municipal de Araguaína, na última terça-feira (23), para daarem informações sobre a retomada das aulas na rede municipal de ensino em meio à pandemia de covid-19. 

Durante a sessão, o vereador Gideon Soares (SD) destacou o esforço feito pela gestão para garantir o direito à educação mesmo em tempos de isolamento social e parabenizou os professores que estão ministrando aulas de forma remota para os alunos.

“Sabemos que tudo está sendo um grande desafio para os professores e equipe da rede municipal de ensino, que estão tentando amenizar os impactos que a pandemia tem trazido à educação das crianças e adolescentes. A presença do secretário é de suma importância, principalmente para sabermos se há uma luz, se já tem expectativa ou planejamento de como será o retorno das aulas presenciais", disse Gideon.

As aulas da rede municipal de Araguaína estão suspensas desde março deste ano. As férias escolares foram antecipadas e atualmente os alunos estão recebendo atividades impressas para fazer em casa.

"A educação infantil e fundamental deve ser uma atividade presencial, essencialmente por causa do contato físico entre professores e alunos. Não tem como pensar na atividade escolar e não imaginar que não haverá contato físico. A princípio pensamos na modalidade semipresencial”, disse Raylon Borges.

Conforme o superintendente, as aulas presenciais podem ser retomadas no inicio de agosto, mas isso vai depender da quantidade de casos registrados na cidade. Raylon Borges disse que a secretaria vai tentar concluir o ano letivo até 31 de dezembro de 2020.

“Acho correto voltar aos poucos, mas desde que sejam adotados todos os cuidados necessários para evitar o contágio do coronavírus. O secretário explicou que quando retornar as aulas, a turma será dividida em duas, sendo que metade vai uma semana e a outra metade na outra semana, para evitar aglomeração”, disse Gideon.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.