Tragédia

Após suposta traição, mulher mata outra a facadas e deixa marido gravemente ferido em Araguaína

Tragédia chocou os moradores do bairro. Suspeita permaneceu no local.

Por Conteúdo AF Notícias 14.484
Comentários (0)

22/01/2024 08h29 - Atualizado há 2 meses
Geovana Victoria Moreira e Romário Pereira da Silva

Uma mulher foi presa em flagrante por matar outra e tentar assassinar o marido com golpes de faca, após flagrar os dois dentro de uma casa na noite deste domingo (21/01) na Rua das Gaivotas, setor Maracanã, em Araguaína.

A suspeita foi identificada como Kelly Diniz da Silva, de 29 anos. No local, a Polícia Militar encontrou a suspeita toda ensanguentada sentada na calçada da rua, na posse de um facão. Ele chorava muito e estava intimidando as pessoas para que não se aproximassem das vítimas.

A jovem Geovana Victória Moreira da Silva, de 24 anos, estava caída na rua já sem vida, vestida apenas com roupas íntimas. O companheiro da suspeita, Romário Pereira da Silva, de 29 anos, também foi esfaqueado, mas recebeu atendimento dos profissionais do Samu e deu entrada no Hospital Regional da cidade.

A suspeita relatou aos militares que era vítima de agressões constantes e morava naquele mesmo endereço com o marido, porém, há uma semana estava na casa da avó do companheiro cuidando de um parente da família. 

Momentos antes da tragédia, a mulher disse que ligou para o companheiro e enviou mensagens via WhatsApp comunicando que iria até a residência buscar alguns pertences, contudo, o homem teria visualizado, mas não disse nada. Ao chegar na casa, a suspeita abriu a porta e encontrou a mulher tomando banho e, então, começou uma discussão com o marido.

O homem tentou contê-la, mas ela conseguiu pegar uma faca e desferiu golpes contra ele. A mulher tentou se refugiar nos fundos da residência, mas foi esfaqueada também. As vítimas correram para a frente da residência e caíram no meio da rua. 

No momento da prisão, a suspeita estava portando um facão, mas a polícia informou que a faca usada no crime teria sido descartada em uma área de mata, próxima à residência.

Romário Pereira tem passagem por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo. A suspeita foi presa em flagrante e levada à Delegacia de Polícia Civil

Vítimas caídas no meio da rua

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.