Paraíso do Tocantins

Carteiro flagrado chutando cachorro é identificado pela polícia e pode pegar até 5 anos de prisão

Agressão ocorreu sem que o animal tivesse ameaçado o autor.

Por Redação 975
Comentários (0)

24/05/2024 15h37 - Atualizado há 4 semanas
Carteiro desferiu um chute no cachorro que estava tomando sol

Notícias do Tocantins - A Polícia Civil já identificou o carteiro dos Correios que aparece em um vídeo que circula nas redes sociais chutando um cachorro no centro de Paraíso do Tocantins. O flagrante aconteceu na manhã desta quinta-feira (23/05).

O autor tem 57 anos e já foi intimado a prestar esclarecimentos sobre o fato. O inquérito policial instaurado para apurar o caso será concluído na próxima semana e remetido ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para a adoção das medidas legais cabíveis. 

O cachorro estava na frente de uma loja de peças de motos no centro de Paraíso quando foi atacado pelo carteiro. A dona do animal, Susana Siqueira Pereira, contou que o cachorrinho Gohan sempre sai de manhã para tomar sol na frente da loja, onde ela trabalha.

"Ele sempre fica na loja. Todo mundo conhece, os clientes sabem que ele sempre está por aqui. É super dócil, de pequeno porte, e não mexe com ninguém. Nesse horário ele vai lá tomar o sol".

A superintendência dos Correios informou que foi aberto um procedimento administrativo para apurar o ocorrido nesta manhã e o colaborador envolvido foi relocado em outra rota de distribuição.

O crime  

Segundo o delegado José Lucas Melo, o crime em questão tem pena que pode chegar a 5 anos de reclusão. “O ato em tese praticado por esse autor já devidamente identificado constitui crime e, ao término das investigações, todas as circunstâncias do fato serão elucidadas no sentido de que a Polícia Civil possa dar uma resposta satisfatória a toda a sociedade paraisense”, disse. 

Agressão gratuita 

Ainda conforme o delegado José Lucas, as investigações da Polícia Civil revelam que, em tese, a agressão foi totalmente gratuita, uma vez que o cão agredido estava tomando sol e que em nenhum momento apresentou algum tipo de perigo ao autor, que simplesmente desferiu um chute no animal indefeso. 

Alerta 

A autoridade policial ainda fez um alerta a todos os cidadãos no sentido de denunciar qualquer tipo de agressão a animais para que a Polícia Civil possa tomar as devidas providências.

“É importante esclarecer que os maus-tratos e agressões a animais são considerados crimes, com pena de reclusão que pode chegar aos cinco anos. Desse modo, a Polícia Civil solicita a todos que presenciarem tais crimes contra animais que compareçam a uma delegacia de Polícia Civil mais próxima à sua casa e façam o registro da ocorrência”, frisou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.