Bandeirantes

Chácara alvo da polícia tinha mais de 20 galos usados em rinhas no norte do Tocantins

Além das apreensões, o dono do imóvel recebeu uma multa de R$ 12 mil.

Por Redação 1.280
Comentários (0)

10/06/2021 16h12 - Atualizado há 1 semana
Local onde os galos de brigas eram mantidos

Um local que funcionava como rinha para promoção de brigas de galo foi desarticulado pela Polícia Civil e fiscais do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

A ação aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (9) na cidade de Bandeirantes do Tocantins e resultou na apreensão de 24 galos, três espécies de ringues que eram utilizados para a realização das brigas entre os galos, além de várias gaiolas usadas para o confinamento dos animais.

De acordo com o delegado Marco Aurélio Barbosa, as investigações tiveram início após o recebimento de denúncias de que em uma chácara localizada em Bandeirantes estariam ocorrendo brigas de galo com o objetivo de atrair apostadores.

Os agentes iniciaram os levantamentos e constataram a existência do local, que, embora adaptado para promover as brigas de galo, não oferecia as mínimas condições para criação e também manutenção dos animais.

Com auxílio de fiscais do Naturatins, os animais foram apreendidos, retirados do local e estão recebendo tratamento veterinário. A maior parte deles se encontrava muito debilitada.

Segundo o delegado Marco Aurélio, as pessoas responsáveis pelo centro de briga de galo conseguiram escapar pouco antes da chegada da Polícia Civil, mas elas estão sendo procuradas.

Os responsáveis já foram identificados e responderão por crimes ambientais e maus-tratos aos animais.

Além dos indiciamentos feitos pela Polícia Civil, o dono do imóvel rural também recebeu uma multa de R$ 12 mil.

Espécie de ringue improvisado onde ocorriam as brigas entre os galos
Espaço acolchoado onde os galos também eram mantidos
Polícia Civil e Naturatins atuaram na ação

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.