TO-020

Corpos de família que morreu carbonizada em acidente são enterrados no Tocantins

O carro de passeio onde a família estava colidiu de frente em uma caminhonete na TO-020.

Por Raimunda Costa 1.841
Comentários (0)

10/01/2019 17h27 - Atualizado há 4 meses
Casal que estava no veículo

O Instituto Médico Legal de Palmas (IML) liberou nesta quinta-feira (10) os corpos do casal Raimundo Pinheiro da Silva, 61 anos, e Maria das Neves Alves de Araújo Silva, 62 anos, e também de Joana Alves da Silva, 86 anos, que era mãe de Maria.

Todos morreram carbonizadas no acidente ocorrido na noite dessa quarta-feira (09) na TO-020 entre Aparecida do Rio Negro e Novo Acordo.

As vítimas estavam em um carro de passeio que explodiu após colidir de frente com uma caminhonete. Os corpos foram velados na residência da família em Aparecida do Rio Negro e o sepultamento ocorreu às 18 horas desta quinta.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, não foi possível identificar quais eram os restos mortais de cada um deles, pois o fogo foi tão intenso que até os ossos foram queimados. Por isso os médicos legistas coletaram material genético para confronto.No carro também havia uma quarta ossada que deve ser de algum animal de estimação que acompanhava a família.

As informações apontam que os ocupantes da caminhonete não foram localizados e a polícia trabalha com hipótese de que o motorista tenha fugido do local.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. Os veículos retirados da pista vão passar por perícia em Palmas.

Situação em que ficou o carro

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.