Em Piraquê

Criança de 4 anos é vítima de estupro; principal suspeito é motorista que fazia transporte escolar

Caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Por Redação 941
Comentários (0)

26/09/2023 18h39 - Atualizado há 6 meses
Caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Um caso de estupro de vulnerável está sendo investigado pela Polícia Civil em Piraquê, no norte do Tocantins. A vítima é uma criança de apenas quatro anos. O abuso teria acontecido dentro de um veículo do transporte escolar.

O fato foi registrado na semana passada. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso está investigado pela Delegacia de 22ª Delegacia de Polícia de Xambioá e por tratar-se de um crime contra a dignidade sexual de criança, está sob segredo de Justiça.

O suspeito do abuso é um homem de 58 anos que trabalhava como motorista do transporte escolar. Conforme relatório da Polícia Militar, o estupro teria acontecido no momento que ele levava a criança para casa depois da aula.

O estupro foi denunciado pela mãe, que viu o olhar de tristeza da filha e encontrou a presença de fluídos e vermelhidão nas partes íntimas da criança ao dar banho nela.

Segundo o relato, a menina disse que “o homem da van” havia apertado com força e machucado suas partes íntimas. Ele foi identificado e chegou a ser levado para prestar depoimento, mas foi liberado por não estar em situação de flagrante.

A criança passou por exames periciais para confirmar os abusos. O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.

A Prefeitura de Piraquê informou, por meio do secretário de Administração, Hermano Ribeiro, que o suspeito investigado é funcionário de uma empresa terceirizada. Segundo o secretário, o contrato foi suspenso depois do acontecido e a prefeitura ainda procura outro veículo para prestar o serviço.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.