Em Araguanã

Criança de três anos é internada em estado grave por desnutrição; mãe é suspeita de maus-tratos

Mãe foi presa em flagrante, após deixar filha na casa da avó.

Por Conteúdo AF Notícias 722
Comentários (0)

29/01/2024 09h45 - Atualizado há 2 meses
Mãe foi presa em flagrante, após denúncia anônima.

Uma criança de apenas três anos foi internada, neste domingo (28/01), em estado grave no Hospital Municipal de Araguanã, norte do estado, com suspeitas de maus-tratos. A criança apresentou desnutrição, desidratação, febre e princípio de convulsão. O médico plantonista disse que a criança corre risco de vida.

A mãe, identificada como Larisse Juliana Alves de Souza, de 24 anos, foi presa em flagrante pela Polícia Militar por ser a principal suspeita de praticar os maus-tratos contra a criança. 

De acordo com o relatório da Polícia Militar, após uma denúncia anônima, o Conselho Tutelar foi até a residência da avó e resgatou a criança, levando-a para o hospital da cidade. A mãe havia chegado do Pará há poucos dias, ocasião em que deixou a criança na casa da avó, saiu novamente e não tinha retornado até a presente data.

No hospital, o médico plantonista informou que o estado saúde da criança era de natureza grave/gravíssima, apresentando um quadro de desnutrição, desidratação, febre e princípio de convulsão.

A PM, juntamente com o Conselho Tutelar, obteve informações de que a mãe da criança estaria na balsa saindo de Boa Vista (PA) em direção a Araguanã. A equipe deslocou-se até o local e conseguiu localizar a mulher desembarcando da balsa. 

Em seguida, a mulher foi levada até Araguaína, onde a delegada plantonista fez a autuação por crime de maus-tratos, com aumento de pena previsto no parágrafo 3º do artigo 136 do CP, e no âmbito da violência doméstica.

Segundo a PM, durante os procedimentos, já na cela da Central de Flagrantes, a mulher passou mal e foi preciso acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para verificar seu estado clínico, mas melhorou até o final da ocorrência. A delegada estipulada uma fiança no valor de R$ 3 mil para que ela possa responder ao processo em liberdade.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.