Guaraí

Criminosos que terceirizavam serviços para quadrilha nacional são presos em operação no Tocantins

O delegado Adriano Carrasco disse que as investigações iniciaram em fevereiro após a morte de um casal e de dois jovens.

Por Redação 1.401
Comentários (0)

22/11/2019 09h09 - Atualizado há 11 meses
Criminosos presos

A Polícia Civil já prendeu seis criminosos durante a operação ‘Sicários’ deflagrada na manhã desta sexta-feira (22), em Guaraí, para coibir ações do crime organizado, tráfico e homicídios ocorridos na cidade desde o início de 2019.

O número de presos pode aumentar, pois, no total, a polícia cumpre 10 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão. A operação está em andamento.

De acordo com o delegado Adriano Carrasco, responsável pela operação, as investigações iniciaram em fevereiro passado com a morte de um casal e de outros dois jovens. Nos meses seguintes, outros cinco homicídios foram registrados na cidade.

Conforme as investigações foram avançando, conseguimos prender um homem de iniciais T. G. de O, vulgarmente conhecido como Pipoca, que foi autor e teve participação nos cinco homicídios”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito teria participado dos cinco homicídios em um único mês. O delegado afirmou ainda que os presos nesta sexta-feira atuam para uma organização criminosa sediada em Goiânia (GO) e que prestava serviços para outra organização de renome nacional.

“Essa organização meio que presta serviços terceirizados para outra organização, sendo esta maior e com ramificações em todo o país”, afirmou o delegado.

Veja o vídeo:

Vídeo

 

Objetos apreendidos

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.