Estupro de vulnerável

Ex-padrasto é preso em hospital infantil suspeito de abusar de criança de 3 anos em Araguaína

Homem ficou com a criança enquanto a mãe estava trabalhando.

Por Conteúdo AF Notícias 1.382
Comentários (0)

15/04/2024 09h49 - Atualizado há 1 mês
O PAI (Pronto Atendimento Infantil)

Notícias do Tocantins - Um homem de 24 anos foi preso pela Polícia Militar neste domingo (14/04), suspeito de estupro de vulnerável, depois que uma criança de três anos deu entrada no Pronto Atendimento Infantil (PAI) de Araguaína, vítima de abuso sexual.

A mãe da criança relatou à polícia que está separada do suspeito há quase um ano e chegou a solicitar na Justiça uma medida protetiva por violência doméstica, porém, no sábado (13), ela permitiu que o homem fosse até sua residência para cuidar da criança enquanto ela estava no trabalho.

Segundo a mulher, depois que o homem foi embora, a criança reclamou de dores na região genital durante o banho. Em seguida, a mãe questionou o ex-companheiro e o mesmo negou ter praticado qualquer ato. No domingo, a mãe resolveu levar a criança ao Pronto de Atendimento Infantil e o suspeito decidiu acompanhá-las.

Ao perceber que a Polícia Militar e o Conselho Tutelar estavam na unidade, o suspeito tentou fugir. No exame clínico, o médico constatou que a criança sofreu abuso sexual, mas não era algo recente.

A mãe relatou que a criança mostrava comportamento estranho na presença do suspeito e até relatou que ele teria passado a mão em suas partes íntimas, bem como com sua outra filha, de 10 anos.

O suspeito, as vítimas e a mãe foram encaminhadas à Central de Flagrantes em Araguaína. O delegado requisitou ao Instituto Médico Legal (IML) a realização de exames nas irmãs de 3 e 10 anos, a fim de subsidiar a investigação.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.