Feminicídio

Homem mata esposa a tiros e alega suposta traição; filho de 11 anos acionou a polícia

Mulher foi atingida por três disparos, sendo um na cabeça.

Por Redação 6.980
Comentários (0)

30/08/2021 07h50 - Atualizado há 2 meses
Segundo a Polícia Militar, Marilene foi atingida por três disparos: na cabeça, nas costas e no tórax

O Tocantins registrou mais um crime brutal de feminicídio na noite da última sexta-feira (27/8), em Gurupi, região sul do estado. Valdir da Silva, de 47 anos, confessou ter assassinado a tiros sua própria esposa, Marilene Rodrigues dos Santos, de 45 anos, após uma discussão do casal.

Ele se apresentou na companhia do advogado na Central de Flagrantes da cidade neste domingo (29), teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e foi encaminhado para o presídio.

A defesa do suspeito disse ao G1 que o homem agiu motivado por uma forte emoção ao descobrir uma suposta traição da esposa. O advogado disse ainda que Valdir fugiu com medo do clamor popular gerado pelo crime.

O crime

O feminicído foi registrado em Gurupi. A vítima, Marilene Rodrigues dos Santos, de 45 anos, foi morta a tiros pelo marido, Valdir da Silva, 47 anos.

O filho do casal, um menino de 11 ano,s foi quem acionou a polícia após ouvir a discussão entre os pais e o barulho dos tiros. No momento do crime, também havia outra criança de sete anos de idade na casa.

Segundo a Polícia Militar, quando os policiais chegaram ao local da ocorrência, encontraram Marilene ferida com várias marcas de tiros. Ela foi atingida por três disparos: na cabeça, nas costas e no tórax e chegou a ser socorrida e encaminhada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Valdir fugiu em uma caminhonete e chegou a ser localizado pela polícia, mas ao perceber que estava sendo perseguido, fugiu em alta velocidade pela BR-153.

Momentos depois os policiais encontraram o veículo abandonado em um matagal. Dentro da caminhonete foi encontrado um revólver calibre 38 com munições deflagradas e mais de R$ 6 mil em espécie.

Valdir estava foragido desde a madrugada de sábado (28).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.