Luto

Jornalista tocantinense e mais duas mulheres morrem após grave acidente em Goiás

Ela era jornalista da Prefeitura de Gurupi e também trabalhou na TV Anhanguera.

Por Redação 3.075
Comentários (0)

10/06/2023 09h48 - Atualizado há 10 meses
Leilane Macedo

A jornalista tocantinense Leilane Macedo de Oliveira e mais duas mulheres morreram em um grave acidente envolvendo dois carros e um caminhão na BR-153, em São Luiz do Norte, na região norte de Goiás, por volta das 18h30 desta sexta-feira (9).

Leilane Macedo trabalhava como assessora de comunicação da Prefeitura de Gurupi e também já atuou na TV Anhanguera.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motorista tentou fazer uma ultrapassagem, bateu em outro carro, invadiu a pista contrária e foi atingida por um caminhão.

A PRF também informou que a motorista e a passageira da frente de um dos carros morreu no local. Já a terceira passageira, que estava no banco traseiro do veículo, chegou a ser levada a um hospital, mas não resistiu.

As outras duas vítimas fatais foram identificadas como Hosana Andrade, que era fisioterapeuta e professora universitária, e a escritora Luana Carvalho, conhecida  como Lua. Elas saíram de Gurupi, sul do estado, com destino a Abadia de Goiás (GO), onde participariam de um encontro de motoclube feminino. Morreram antes de chegar ao evento.

Segundo o Corpo de Bombeiros, no segundo carro havia quatro passageiros, mas nenhum deles se feriu. O motorista do caminhão também não se feriu.

O trecho da rodovia onde ocorreu o acidente chegou a ser bloqueado, mas a Ecovias do Araguaia informou que já foi liberado.

Com informações do G1-GO.

Acidente foi em Goiás
Leilane com as amigas na divisas dos dois estados.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.