Vingança

Jovem agredido há 5 anos com paulada decide se vingar e mata desafeto durante o Carnaval

Ele sempre relembrava a agressão sofrida, disse a polícia.

Por Redação 1.448
Comentários (0)

14/02/2024 08h23 - Atualizado há 1 mês
Homem algemado

Um jovem de 25 anos foi preso pela Polícia Civil na madrugada deste domingo (11/2)e, Tocantinópolis, no norte do estado, pelo assassinato de um homem de 36 anos com golpes de faca. O crime ocorreu horas antes da prisão do suspeito.

Conforme o delegado Tiago Daniel de Moraes, assim que a Polícia Civil teve conhecimento sobre o crime, as equipes da 20ª DP e plantonistas da Central deram início às investigações, e em pouco tempo, o autor já estava devidamente identificado. O delegado, juntamente com outros policiais, foram até a residência do suspeito, mas o homem não estava no local. Porém, seu pai confirmou aos policiais civis que seu filho de fato tinha se envolvido em uma confusão na madrugada e atingiu um homem com golpes de faca para possivelmente se defender.

Motivação

Segundo apurado pela Polícia Civil, há cerca de cinco anos, vítima e autor se desentenderam, sendo que na época dos fatos, o autor do homicídio acabou sendo atingido com uma paulada na cabeça, que resultou em ferimentos graves, sendo necessário suturar o local com 24 pontos.

“Por meio das investigações, foi possível levantar informações de que o autor desse homicídio, depois de ter sido lesionado pela vítima no passado, nunca mais foi o mesmo e sempre que ingeria bebida alcoólica comentava a respeito da agressão sofrida e do rancor que tinha de seu autor, lembrando assim aquele velho ditado de que quem bate esquece, mas quem apanha, não”, pontuou o delegado Tiago Daniel.

Diante dos fatos, o pai do autor levou os policiais civis até um bar, onde seu filho estava ingerindo bebida alcoólica. Sem oferecer reação, o indivíduo foi preso ainda em flagrante e conduzido até a 4ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Tocantinópolis, onde foi autuado pelo crime de homicídio.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Cadeia Pública local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Para o delegado Tiago Daniel, a resposta da Polícia Civil, que em menos de seis horas, identificou, localizou e prendeu o autor, demonstra o comprometimento da instituição com a manutenção da paz e da segurança pública da população de Tocantinópolis.

“A prisão desse indivíduo, que é considerado o principal suspeito de praticar esse crime hediondo em uma festa de Carnaval e sem se importar com a presença de várias pessoas, que se divertiam no local dos fatos, é de suma importância, uma vez que trata-se de um crime grave. Agora preso, o suspeito deverá enfrentar a sanção penal nos termos da lei”, disse.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.