Araguaína

Jovem é condenado a 14 anos de prisão por homicídio em boate de Araguaína

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

05/12/2017 18h42 - Atualizado há 1 mês
Franklin Lucas Dias Silva, de 25 anos, foi condenado a 14 anos de prisão pela morte de Djones Chaves Santos. O crime ocorreu no dia 17 de abril do ano passado, em Araguaína, e a condenação saiu nesta segunda-feira (4). Conforme depoimentos colhidos durante o processo, os envolvidos teriam uma rixa anterior ao crime e, após uma discussão, Franklin atirou contra Djones enquanto ele utilizava o banheiro de uma casa noturna. O tiro foi dado a curta distância e dificultou a defesa da vítima. Após o crime, a polícia encontrou na casa do suspeito duas armas de fogo e 71 munições, a maioria do tipo ponta oca, que são explosivas. Conforme o Tribunal do Júri, presidido pelo juiz Francisco Vieira Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Araguaína, o ato praticado por Franklin foi considerado "homicídio qualificado pela torpeza do motivo e utilização de recurso que dificultou a defesa" da vítima. O magistrado justificou que Franklin irá cumprir a pena em regime fechado "em razão da quantidade de pena e porque o crime foi hediondo". A decisão cabe recurso.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.