Palmas

Jovem é sequestrado e torturado por traficantes após se recusar a envenenar o próprio amigo

Homem que seria envenenado é colecionador de armas e tem um arsenal.

Por Redação 739
Comentários (0)

15/04/2024 07h54 - Atualizado há 1 mês
Barraco para onde a vítima foi levada e torturada pelo grupo

Notícias do Tocantins - Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, no último sábado (13), resultou na prisão de um jovem de 24 anos e apreensão de um adolescente, de 17 anos. A dupla e outros três indivíduos são suspeitos de tráfico de drogas e roubo qualificado com restrição da liberdade da vítima e emprego de arma de fogo.

A operação teve início nas primeiras horas da manhã quando um jovem de 19 anos compareceu à 2ª Central de Atendimento da Polícia e registrou boletim de ocorrência, informando que na noite anterior havia sido sequestrado e levado para um imóvel no Jardim Taquari, em Palmas, por cinco homens armados que estavam em um carro preto.

No local, o jovem sofreu violência física e psicológica, inclusive levou um golpe de faca na perna direita, vindo a causar lesões graves. Por várias horas, ele foi torturado pelos cinco  indivíduos. Após cessar as torturas, os cinco homens foram até a residência da vítima e, mediante grave ameaça com o emprego de arma de fogo, obrigaram sua mãe e seu irmão a entregarem suas duas motocicletas e fugiram em seguida. 

“Após tomarmos conhecimento dos fatos, mobilizamos nossas equipes e passamos a investigar o caso, indo até o Jardim Taquari, local onde localizamos e efetuamos a prisão de um homem de iniciais L.A.D, de 24 anos, e realizamos a apreensão de um adolescente, de 17 anos, ambos suspeitos de participação nos crimes”, disse o delegado Rossilio Souza Correia, que comandou a operação com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE).

Com os suspeitos, os policiais civis apreenderam, além de uma das motocicletas da vítima, várias porções de drogas entre cocaína, crack, maconha e uma balança de precisão. Diante dos fatos, o homem foi preso e o adolescente aprendido em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Motivação

Ao delegado, a vítima relatou que a motivação de tudo isso seria o fato de ela não ter concordado com os criminosos em envenenar um amigo da vítima, o qual é colecionador/atirador de arma de fogo (CAC). "A finalidade do envenenamento seria incapacitar esse homem, com o propósito do grupo subtrair do mesmo um arsenal composto por armas de fogo, com fuzis e pistolas, além de outras armas", informou o delegado.

Confissão

Ao serem presos, os suspeitos confessaram a autoria delitiva e foram autuados em flagrantes pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo majorado em concurso de pessoas, restrição da liberdade da vítima, e emprego de arma, além de organização criminosa. Ressalte-se que os dois primeiros crimes são permanentes e os demais são conexos aos outros delitos.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem maior de idade foi recolhido à Unidade Penal de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. O adolescente foi entregue aos cuidados da Vara da Infância e da Juventude. As investigações terão continuidade a fim de que a Polícia Civil possa localizar e prender os demais integrantes da organização criminosa.

Na avaliação do delegado Rossilio Correia, a operação foi muito exitosa, pois desvendou toda a dinâmica dos vários crimes praticados que são de natureza gravíssima. 

“A Polícia Civil do Tocantins não mediu esforços e trabalhou incansavelmente durante todo esse sábado, a fim de desvendar todas as circunstâncias desses crimes praticados contra essa vítima que foi sequestrada e torturada pelos criminosos, por ter se negado a participar de um plano de um envenenamento de um colecionador, para que os suspeitos pudessem se apoderar de seu arsenal de armas, que provavelmente seriam utilizadas para a prática de crimes diversos em Palmas”, frisou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.