Araguaína

Jovem que deu facada em ex-namorada vai responder por lesão corporal, decide júri popular

Defesa pediu a desclassificação da denúncia de tentativa de feminicídio.

Por Márcia Costa | Conteúdo AF Notícias 858
Comentários (0)

24/11/2022 08h00 - Atualizado há 1 ano
Advogado de defesa Maurício Araújo

O júri popular desclassificou a acusação de tentativa de feminicídio contra o jovem Huellyson Thyago Alves Américo, que  foi levado a julgamento suspeito de tentar matar a ex-namorada Vitória Emilly Silva Gomes. 

O crime que ocorreu durante a madrugada de 30 de abril de 2017, na Rua das Jaqueiras, setor Araguaína Sul, em Araguaína.

O julgamento aconteceu na última terça-feira (22/11). O advogado de defesa, Maurício Araújo Neto, pediu a desclassificação da denúncia de tentativa de feminicídio para o crime de lesão corporal, argumentando que o acusado não teve em momento algum a intenção de matá-la.

"Demonstramos que ele não queria em hipótese alguma tentar o resultado morte. Não tinha a vontade de matar ou tentar matar. Portanto, no pior cenário possível do acontecido foi somente uma lesão corporal", afirmou a defesa.

Desse modo, os jurados acataram a tese de defesa e decidiram que o acusado não praticou as condutas apontadas pela acusação, que era de tentativa de feminicídio.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o acusado e a vítima namoraram por cerca de dois anos. Nesse período, o suspeito impedia a vítima de ter amigos e tinha um comportamento agressivo, aponta a denúncia.

Após o término do namoro, a vítima foi ao encontro da irmã do acusado, a convite, para parabenizá-la pelo aniversário. Mas ao avistar o ex-namorado, ela resolveu ir embora. Porém, quando a vítima estava entrando no carro, Huellyson a alcançou e lhe desferiu um golpe de faca nos glúteos. Mesmo ferida, a vítima fechou a porta do carro e depois foi encaminhada para a Unidade Hospitalar.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.