Foragido da justiça

Júnior Ferro é condenado a 17 anos de prisão por matar idoso em confusão por troco de cerveja

Por Redação AF
Comentários (0)

08/10/2016 07h56 - Atualizado há 1 mês
O júri popular condenou Luiz Carlos Oliveira Ferro Júnior, popularmente conhecido como Júnior Ferro, a 17 anos de prisão pelo assassinato do comerciante Ovídio Alves Ferreira, de 81 anos.  O julgamento ocorreu nesta sexta-feira (7/9), em Araguaína, mas o condenado se encontra foragido da Justiça. O crime aconteceu no dia 5 de junho de 2015, quando Júnior Ferro foi até o bar de Ovídio, onde tomou apenas uma cerveja. Ele teria dado uma nota de R$ 50 para pagar a bebida, mas o senhor Ovídio não tinha troco. Em virtude disso, teria iniciado uma discussão sobre o troco. O empresário sacou uma arma e atirou várias vezes contra a vítima e em seguida fugiu do local, sendo preso cerca de um mês depois no Estado do Maranhão, suspeito de integrar um grupo de pistolagem. Júnior Ferro foi recambiado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína, mas depois de um ano preso conseguiu fugir, em julho de 2016, junto com mais sete presos.  Com isso, o julgamento foi adiado e ocorreu nesta sexta-feira.  Ele foi condenado a 17 anos, um mês e seis dias de prisão, mas ainda se encontra foragido. (Fernando Almeida / Araguaína Notícias)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.