Filadélfia

Júri condena irmãos gêmeos que mataram jovem por dívida de drogas; penas somam 32 anos

Crime ocorreu em 28 de novembro de 2020, na zona rural de Filadélfia.

Por Redação 2.794
Comentários (0)

25/11/2022 16h38 - Atualizado há 1 ano
Irmãos gêmeos Weslley Mateus Pereira dos Santos e Lucas Wellington Pereira dos Santos

Dois irmãos acusados de assassinar um jovem em Filadélfia em razão de uma dívida de compra de drogas foram condenados a penas de 17 e 15 anos de reclusão, sem direito a recorrer em liberdade. Em sessão do Tribunal do Júri realizada na quarta-feira (23), o conselho de sentença reconheceu as três qualificadoras para o crime de homicídio apontadas pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), o que resultou na elevação das penas.

Os réus são Weslley Mateus Pereira dos Santos e Lucas Wellington Pereira dos Santos, gêmeos que atualmente têm 20 anos de idade. Na companhia de um adolescente, eles assassinaram Laelson Pereira Santos a golpes de faca.

O crime ocorreu em 28 de novembro de 2020, na zona rural de Filadélfia. A vítima foi atraída para o local sob o pretexto de que estavam indo pegar uma arma para matar outra pessoa e que, se participasse desse suposto crime, Laelson teria perdoada uma dívida de drogas, contraída há alguns meses.

No caminho, os réus passaram a atacar Laelson com uma faca. Ele tentou fugir, mas foi alcançado e continuou a receber os golpes, que causaram a sua morte.

Horas depois do crime, os assassinos retornaram ao local, onde cavaram uma cova rasa e enterraram o corpo, visando dificultar ou impedir a apuração do homicídio.

Os irmãos foram condenados pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, além do crime de ocultação de cadáver.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.