Abandono de incapaz

Mãe confessa abandono de bebê alegando questões financeiras e psicológicas; pai é localizado

Mulher deverá ser indiciada pelo crime de abandono de incapaz.

Por Redação 741
Comentários (0)

16/04/2024 08h27 - Atualizado há 1 mês
Pai é localizado e quer cuidar da filha

Notícias do Tocantins - A Polícia Civil conseguiu identificar a mulher suspeita de abandonar a própria filha recém-nascida em um beco entre duas residências na cidade de Paraíso do Tocantins, no último dia 10 de abril.

A investigação foi conduzida pela 6ª Delegacia de Atendimento a Mulher e a Vulneráveis (DEAMV) e teve desfecho nesta segunda-feira (15/04).

O delegado responsável pela investigação, Manoel Frota, disse que a polícia mobilizou os agentes assim que tomou conhecimento dos fatos e foi até o local onde a bebê havia sido encontrada ainda com o cordão umbilical, e passou a ouvir as possíveis testemunhas.

Em seguida, as equipes da unidade especializada passaram a diligenciar nas ruas e, nesta segunda-feira, localizaram a mulher que foi conduzida até a sede da 6ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Paraíso, onde foi ouvida e confessou o crime, mas alegou que entrou em trabalho de parto na rua e foi ajudada por uma terceira pessoa. 

“Em seu depoimento, a mulher também alegou que não tem interesse, nem condições financeiras e psicológicas para criar a própria filha. Diante dos fatos, a mulher foi liberada para responder ao processo em liberdade”, informou.

Ainda conforme explica o delegado Manoel Frota, a mulher deverá ser indiciada pelo crime de abandono de incapaz e se condenada, poderá ter sua pena aumentada pelo fato de ser mãe da recém-nascida abandonada. 

O delegado também informou que o pai da criança já foi localizado e manifestou interesse em cuidar da filha.

Fato está sendo investigado pela 6ª DEAMV de Paraíso

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.