Crueldade

Mãe de policial militar é morta a facadas e tem residência queimada pelos criminosos

O crime pode ter sido motivado por vingança; um dos suspeitos foi preso.

Por Redação 4.150
Comentários (0)

03/03/2022 08h05 - Atualizado há 2 anos
Além de assassinar a idosa, os criminosos ainda incendiaram a residência da família

A mãe de um sargento da Polícia Militar do Tocantins foi morta a facadas na tarde desta quarta-feira (2/3), no município de Barrolândia, região central do estado. A vítima foi identificada como Luzia Ferreira Dias, e tinha 75 anos. 

A vítima ainda teve a residência completamente incendiada pelos criminosos. O crime aconteceu por volta das 16 horas na Avenida Bernardo Sayão.

Segundo a Polícia Militar, a principal suspeita é de que o crime tenha sido motivado por vingança e estaria relacionado a uma ocorrência atendida pelo sargento, vítima da vítima, há alguns meses, que terminou com a morte de um suspeito.

Antes de sair da casa, os criminosos levaram dinheiro, documentos e alguns pertences da idosa. A arma do militar também foi levada pelos criminosos.

Um dos suspeitos de ter praticado o crime, um homem de 21 anos, foi preso pela Polícia Militar em Miranorte ainda nesta quarta-feira (2), e confessou o crime. Com ele, os policias apreenderam alguns objetos, documentos e a arma do subtenente. Ele revelou que agiu juntamente com o tio, que está foragido e continua sendo procurado pela polícia.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes de Paraíso do Tocantins.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.