Polícia Civil

Marido é preso por atacar esposa na frente dos filhos até com machadinha após suposta traição

Ela ainda foi agredida com chutes e socos na frente dos filhos.

Por Redação 777
Comentários (0)

06/12/2023 15h04 - Atualizado há 2 meses
Homem preso

Um homem de 33 anos suspeito de agredir violentamente e tenta matar a tiros sua própria esposa em Lagoa do Tocantins foi preso em Novo Acordo, na manhã desta quarta-feira (6).

Conforme explica o delegado Fabrício Piassi, a ação foi deflagrada logo depois que as equipes tomaram conhecimento dos fatos. “Após obtermos informações de que o crime teria sido praticado contra  mulher e que a mesma estava internada no Hospital Geral de Palmas, nos deslocamos até a unidade hospitalar e conseguimos ouvir a mulher, que mesmo gravemente ferida, nos informou que seu próprio companheiro havia sido o autor das agressões e que havia tentado matá-la", disse o delegado. 

De posse das informações iniciais e com o aprofundamento das investigações, o delegado representou junto ao Poder Judiciário da Comarca de Novo Acordo pela prisão preventiva do suspeito, a qual foi deferida e cumprida na manhã desta quarta-feira.

O crime

De acordo com as investigações, o homem discutiu com a mulher e passou a agredi-la com chutes e socos em frente aos filhos do casal em 24 de novembro deste ano.

Em dado momento, a vítima conseguiu se desvencilhar do autor e começou a correr, mas o homem se armou com uma machadinha, passou a perseguir a vítima e conseguiu desferir um golpe na cabeça dela. Nesse momento, a mulher caiu ao chão e o homem passou novamente a agredi-la com chutes e socos, mas acabou sendo desarmado por populares. 

Não se conformando, o homem foi para sua residência, se armou com uma espingarda e voltou à residência do patrão da vítima, local onde ela tinha buscado refúgio para escapar das agressões. Seu intuito era matá-la, porém, na casa, o homem foi novamente desarmado e acabou fugindo do local. 

Motivação

Após ser preso, o homem foi conduzido até a sede da Delegacia de Novo Acordo, onde foi formalizado o cumprimento da ordem judicial. Na ocasião, ao ser ouvido pelo delegado, o investigado alegou que atacou a mulher, pois julgava que estaria sendo traído por ela. 

Realizados os procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Unidade Penal Regional de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Para o delegado Fabrício Piassi, a prisão foi de extrema importância, até para garantir a sobrevivência da vítima. “Trata-se de uma ação de grande relevância, visto que os crimes praticados pelo autor são gravíssimos, uma vez que ele tentou de todas as maneiras tirar a vida da esposa e mãe de seus filhos. Só não conseguiu êxito porque foi impedido por terceiros. Dessa forma, a prisão dele foi o único meio possível para que a vítima, que sofreu inúmeras agressões não só físicas, mas também psicológicas, não fosse mais uma vítima fatal no contexto de violência doméstica”, disse a autoridade policial.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF Notícias. Todos os direitos reservados.