Localizado e preso

Membro de facção é preso por envolvimento na execução de jovem que teve mãos decepadas

Suspeito estava escondido na zona rural do município de Pium.

Por Redação 869
Comentários (0)

26/12/2023 17h14 - Atualizado há 3 meses
Acusado da ter participado na execução de jovem em Paraíso em 2022.

Um jovem de 25 anos, apontado como um dos autores do homicídio de Argel Pereira Lima, em novembro do ano passado, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (26/12), no Projeto de Assentamento Pericatu, zona rural de Pium, região central do estado.

Policiais da 6ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC - Paraíso do Tocantins), cumpriram o mandado de prisão preventiva e busca e apreensão domiciliar, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Paraíso do Tocantins. 

As investigações da unidade especializada apontaram que o suposto autor teria se escondido na zona rural na casa de familiares, buscando furtar-se da aplicação da lei penal.

Durante o cumprimento da busca e apreensão, os policiais civis apreenderam porção de entorpecentes, caderno de anotações e embalagens plásticas utilizadas para acondicionar drogas para revenda.

O crime 

As investigações foram comandadas pelo delegado-chefe da 6ª DEIC, Antônio Onofre Oliveira da Silva Filho. Conforme apurado durante as investigações,  o corpo de Argel foi localizado em uma região de mata de Paraíso, às margens de um córrego, em 03 de novembro de 2022. A vítima apresentava diversas lesões no rosto e estava com as duas mãos decepadas. Há alguns metros do local onde o cadáver foi encontrado havia uma cova vazia.

“O homicídio foi praticado por determinação do líder de uma organização criminosa, por suspeitar que a vítima seria integrante de facção rival, tendo cortado as mãos para dar a aparência de que foi morta por estar praticando furtos ou roubos, disfarçando as reais razões da morte. Não houve um julgamento, mas sim uma execução sumária”, ressaltou o delegado Antônio Onofre. 

Após a prisão, o indivíduo foi conduzido para a sede da 6ª DEIC, onde foi interrogado e, depois de adotados os procedimentos legais cabíveis, foi recolhido à Unidade Penal Regional de Paraíso, onde está à disposição do Poder Judiciário.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.