Na BR-153

Militar do Pará é indiciado no Tocantins por adulterar placas de veículo para escapar de radares

Se condenado, ele pode pegar até 06 anos de prisão.

Por Redação 589
Comentários (0)

27/05/2024 15h17 - Atualizado há 3 semanas
Investigação foi da 63ª Delegacia de Polícia de Paraíso do Tocantins

Notícias do Tocantins - Um policial militar do Pará foi indiciado pela Polícia Civil do Tocantins pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor. O inquérito que apurava o caso foi concluído nesta segunda-feira (27).

Conforme o delegado José Lucas Melo, o militar de 32 anos foi parado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma fiscalização de rotina na BR-153, nas imediações da cidade de Paraíso do Tocantins, no fim do mês de abril deste ano, uma vez que o veículo conduzido por ele levantou suspeitas dos agentes federais. 

Após minuciosa checagem, ficou constatado que as placas do veículo apresentavam indícios de adulteração. O policial foi detido e um inquérito, instaurado pela Polícia Civil para apurar os fatos. Após exames periciais, restou comprovado que as placas eram, de fato, adulteradas. 

“Ao ser ouvido, o autor alegou que queria apenas se preservar, porém, a fraude feita por ele apenas ludibriava a fiscalização eletrônica de câmeras e radares”, ressaltou o delegado José Lucas.

Se condenado, o policial pode pegar uma pena de até 06 anos de prisão.

Veja também

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.