Araguaína

Morador mata cadela pitbull para defender esposa de suposto ataque; polícia apura maus-tratos

Suspeito disse que o animal tentou morder a esposa.

Por Conteúdo AF Notícias 1.178
Comentários (0)

27/05/2024 09h54 - Atualizado há 3 semanas
Pitbul morta

Notícias do Tocantins – Um homem de 34 anos poderá responder pelo crime de maus-tratos a animais após matar sua cadela da raça Pitbull durante um suposto ataque. O caso aconteceu na noite deste domingo (26/5), em Araguaína.

Inicialmente, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência relacionada a violência doméstica em uma residência localizada na Rua Dom Bosco, no Bairro Senador. Porém, no local, os policiais encontraram uma cadela morta dentro da casa e manchas de sangue.

A equipe ainda encontrou uma faca suja de sangue. Segundo o morador, o animal tentou atacar sua esposa e no intuito de defendê-la, segurou a cadela e a jogou contra uma grade. Em seguida, usou a força para conter o animal, momento em que a cadela foi a óbito.

O casal disse que a faca não havia sido usada contra a cadela, mas não soube explicar porque estava suja de sangue. A polícia constatou que o corpo do animal tinha 4 perfurações, mas somente o laudo pericial poderá confirmar a causa da morte e o objeto que provocou as lesões.

O suspeito e a mulher foram levados à Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento e foram liberados. A faca apreendida será analisada.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.