No Sudeste do Estado

Motorista de carro é preso por dirigir na contramão para atropelar e matar jovem de 24 anos

Homem não prestou socorro à vítima que morreu no hosítal.

Por Redação 530
Comentários (0)

10/01/2024 08h49 - Atualizado há 3 meses
Jovem não resistiu e morreu no hospital.

O principal suspeito de ser o motorista que atropelou e matou o jovem Thiago Dias Pettermann de Carvalho, de 24 anos, no último domingo (07/01), em Dianópolis (TO), foi preso nesta terça-feira (09). A Polícia Civil divulgou apenas as iniciais do nome do acusado: C.M.R, de 28 anos. .

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara Criminal de Dianópolis, depois que as investigações da Polícia Civil apontaram que o acusado teria agido dolosamente (com intenção de matar) ao invadir a contramão na Avenida 7 de Setembro para atropelar o jovem.

Segundo a polícia, Thiago caminhava pela avenida e sequer teve tempo de tentar escapar do atropelamento, uma vez que o veículo, modelo Celta, de cor vermelha, conduzido pelo autor, avançou em alta velocidade contra a vítima. O jovem teve traumatismos craniano, além de várias fraturas e morreu quando era atendido no Hospital Regional de Dianópolis. 

“Trata-se de um crime gravíssimo, onde o condutor do veículo transitava normalmente pela via e, em determinado momento desvia bruscamente sua trajetória e atinge violentamente a vítima, que teve morte quase que instantânea devido ao forte impacto”, disse o delegado-chefe da 101ª Delegacia de Dianópolis, Eduardo Nunes.

Investigações 

Desde a data do crime, as equipes os policiais civis da 14ª Central de Atendimento da PC e da 101ª Delegacia, sob a coordenação do delegado Eduardo Nunes, passaram a investigar o caso, e logo foi concluído que não se tratava de um simples atropelamento, mas se de um homicídio doloso, onde o indivíduo condutor do veículo teve o dolo de utilizar o próprio veículo para atropelar e matar a vítima.

Por meio de inúmeras diligências, os policiais civis tentaram localizar o condutor do veículo envolvido no acidente em sua residência, bem como em seu local de trabalho, mas sem sucesso, uma vez que além de fugir do local do acidente, o indivíduo estava se escondendo a fim de não ser localizado. 

Após a coleta de provas e identificação do autor, o delegado Eduardo Nunes representou pela prisão preventiva do mesmo. Após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Unidade Penal Regional de Dianópolis, onde aguardará a manifestação do Poder Judiciário. 

As investigações terão continuidade a fim de que a Polícia Civil possa desvendar a motivação para o crime. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.