Combate à criminalidade

Operação prende 6 faccionados com armas, munições e diversos produtos roubados em Colinas

Teriam participado de roubo de joias, motos e vários produtos.

Por Redação
Comentários (0)

03/11/2023 09h38 - Atualizado há 5 meses
Produtos recuperados que estavam com os criminoso.

Seis homens, com idades entre 25 anos a 40 anos, suspeitos de integrar uma facção criminosa e realizar diversos crimes contra o patrimônio em Colinas do Tocantins, foram presos durante operação conjunta de combate à criminalidade deflagrada nesta quarta-feira, 1º, na cidade, pelas Polícias Civil e Polícia Militar. 

Durante a ação, os policiais localizaram e apreenderam em poder dos faccionados, três armas de fogo, grande quantidade de munições, e diversos produtos roubados ou furtados em Colinas, nos últimos dias. 

A operação foi comandada pelos delegados Marco Aurélio Barbosa e Tobias Luiz Nunes, respectivamente da 41ª e 42ª Delegacias de Polícia Civil de Colinas do Tocantins, e do Tenente-Coronel Paulo dos Santos, comandante da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar.

Roubo de joias frustrado

Conforme explica o delegado Marco Aurélio, com base em investigações anteriores, a Polícia Civil descobriu que três homens pertencentes a uma facção criminosa estavam em Colinas para praticar um roubo de joias. 

“Com base nos levantamentos efetuados, as equipes da 41ª e 42ª DPs, se anteciparam e evitaram o roubo prendendo os homens em um hotel da cidade. Com os indivíduos foram apreendidas várias munições, três armas de fogo, sendo dois revólveres e uma pistola Glock calibre 9 milímetros de fabricação austríaca, arma esta que foi furtada no município de Porto Nacional, no Distrito de Luzimangues, no último dia 31”, informou o delegado. 

Passagens em Goiás e no Pará 

Dando continuidade às diligências, a Polícia Civil conseguiu localizar e prender, já no início da noite desta quarta-feira, outros três indivíduos, que estão relacionados a diversos crimes de furtos e roubos ocorridos no município de Colinas, também nos últimos dias. 

“Somente um dos presos de iniciais C.G.S, vulgo Madeira, possui diversas passagens por furtos nos estados de Goiás e do Pará, tendo sido identificado como sendo o autor de pelo menos dez delitos de furto em residências no município de Colinas  nos últimos dias”, reiterou, informando que Madeira já estava com a prisão preventiva decretada, desde o dia 29, após representação feita pelo delegado Marco Aurélio”, frisou o delegado Tobias. 

Produtos recuperados 

Na residência onde Madeira estava escondido foram encontrados vários objetos furtados, dentre eles, dois aparelhos de TV, dois botijões de gás, tablets, perfumes, máquina de carpintaria. Além disso, os policiais recuperaram ainda duas motocicletas, modelo Titan/Honda, que haviam sido furtadas por C.G.S de uma revendedora de motocicletas, na madrugada desta quarta. 

Encaminhamentos

Após a formalização das prisões, os seis indivíduos presos foram recolhidos à Cadeia Pública de Colinas, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. Segundo o delegado Marco Aurélio, a ação é de muita importância, pois traz mais segurança e paz para toda a população de Colinas. “As prisões desses seis indivíduos hoje aqui em Colinas, demonstra o comprometimento da Polícia Civil com a elucidação dos crimes contra o patrimônio, ocorridos na cidade nos últimos dias, e dá uma resposta satisfatória a toda a sociedade Colinense”, disse. 

O delegado Tobias Nunes também frisou que desde que tomou conhecimento dos crimes, a Polícia Civil tem envidado todos os esforços no sentido de identificar os autores e fazer com  que os mesmos fossem presos. “Após minucioso trabalho investigativo, conseguimos desvendar a autoria da maioria dos furtos e prender os autores que se associaram com o intuito de praticar crimes na cidade e agora responderão na justiça pelos atos cometidos”, frisou.

Outro moto recuperada pela PCTO.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.