Mandado de busca e apreensão

Proprietário de loja é preso pela PF com grande quantidade de cigarros eletrônicos em Palmas

Produtos são proibidos no Brasil, pois a Anvisa não autorizou comercialização.

Por Redação 792
Comentários (0)

31/01/2024 17h49 - Atualizado há 4 meses
Produtos apreendidos

A Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão referente a uma investigação que visa reprimir a prática do crime de contrabando de cigarros eletrônicos no Estado do Tocantins.

A ação ocorreu em Palmas nesta terça-feira (30). A ordem judicial foi expedida pelo Juízo da 4ª Vara da Justiça Federal.

No estabelecimento comercial, foi apreendida grande quantidade de cigarros eletrônicos e acessórios de origem estrangeira. Os produtos são proibidos no Brasil, pois não possuem autorização de comercialização pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No local das buscas, os policiais federais prenderam o proprietário da loja em flagrante pelo crime de importação, armazenamento e comercialização de mercadoria proibida pela legislação brasileira, cuja pena, pode chegar a quatro anos de reclusão.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.