No Bico do Papagaio

Secretário briga em bar, joga carro contra outro veículo, passa 1 dia na prisão e segue no cargo

Paulo Henrique Ferreira ficou apenas um dia preso e deve cumprir medidas cautelares.

Por Redação 2.146
Comentários (0)

28/12/2023 08h43 - Atualizado há 3 meses
Momento da prisão do secretário de Axixá.

O secretário municipal de Administração da Prefeitura de Axixá do Tocantins, Paulo Henrique Ferreira Gomes, de 37 anos, foi preso após se envolver numa briga em um bar no centro da cidade. Segundo a Polícia Militar, ele é suspeito de ameaçar e jogar o próprio carro contra o veículo de um jovem de 22 anos.

O caso foi registrado na última terça-feira (26/12) e o secretário recebeu liberdade provisória no dia seguinte. De acordo com o relatório da ocorrência, no local da confusão, a vítima contou que Paulo Henrique teria pegado uma garrafa para lhe agredir, mas foi contido por amigos. Em seguida, os dois trocaram socos e o jovem contou que foi perseguido e ameaçado com uma garrafa quebrada.

Depois da briga, o secretário entrou no próprio carro e bateu várias vezes no veículo da vítima. A parte dianteira, portas e farol foram danificados. Ainda de acordo com a PM, um homem de 59 anos tentou conter o secretário e quase foi atropelado.

Momentos depois, o secretário deixou o bar e foi localizado em casa pelos policiais militares. A PM afirmou que deu voz de prisão ao gestor e foi necessário o uso da força após o suspeito desacatar os militares ao dizer que "a polícia de Axixá só tem covardes e o mais covardes é você [...], por que você quer me prender?"

Paulo Henrique foi levado para a 3ª Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins, onde foi autuado pelos crimes de embriaguez ao volante, injúria, dano, ameaça e desacato. Em seguida ele foi encaminhado à Cadeia Pública da cidade.

Já na tarde desta quarta-feira (27) o secretário foi solto provisoriamente. Na decisão, assinada pela juíza Nely Alves da Cruz, foi determinado que o secretário:

  • Mantenha o endereço atualizado junto ao processo
  • Procure a justiça uma vez ao mês até o dia 10 para informar suas atividades
  • Proibido de se ausentar da cidade por mais de oito dias
  • Proibido de frequentar locais como bares e boates e
  • Deve ficar em casa pela noite e nos dias de folga
  • O que diz a defesa do secretário e a Prefeitura de Axixá do Tocantins

O advogado do secretário, Ademar de Sousa Parente, afirmou que houve agressão de ambas as partes e, infelizmente, o secretário foi autuado em flagrante delito. O prefeito de Axixá, Dr. Auri Wulange (PTB) afirmou que Paulo Henrique não será exonerado.

Confira nota do advogado do secretário

"Houve um desentendimento entre o secretário de administração de Axixá Henrique e outro rapaz que também estava em uma comemoração no bar do seu Delmiro, um bar mais antigo da cidade de Axixá, onde ouve agressão de ambas as partes e infelizmente o secretário foi autuado em flagrante delito, pela acusação de crime de dano e desacato autoridade, mas a juíza de plantão, Dra. Nely, lhe concedeu liberdade provisória, para que respondesse as acusações em liberdade.

Eu entendo que não ouve desacato, ele já estava recolhido em sua residência, inclusive dormindo, quando os PMs foram até a sua residência e lhe deram voz de prisão, a defesa entende que essa acusação não se sustenta judicialmente".

Nota prefeito de Axixá, Dr. Auri Wulange (PTB)

"São duas pessoas de bem que em razão do excesso de álcool se exaltaram e entraram em vias de fato e ele se exaltou mais ainda. A Justiça já concedeu lá a liberdade dele e ele não será exonerado. A gente vai ajustar com ele para que fatos como esse não ocorram, porque vai contra tudo que a gente prega quanto gestor. Nós somos contra qualquer tipo de violência, seja ela de qualquer forma que ela se apresente".

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.