Crime em Goiânia

Sobrinho é preso no Tocantins por matar tio degolado após desferir mais de 40 facadas

Ele tem 26 anos e é é considerado de extrema periculosidade.

Por Redação 1.614
Comentários (0)

15/09/2021 08h04 - Atualizado há 1 semana
Crime ocorreu em 2014

Um jovem condenado por matar o próprio tio com 43 facadas e ainda degolar a vítima na cidade de Goiânia (GO), em 2014, foi preso na zona rural de Palmeirópolis, região sul do Tocantins, nesta terça-feira (14).

O suspeito tem 26 anos e é considerado de extrema periculosidade. Ele foi condenado a 12 anos de prisão pelo crime. O tio dele tinha 32 anos.

Conforme a polícia, o criminoso havia sido condenado em 2018, mas fugiu de Goiânia para o Tocantins a fim de evitar sua prisão.

Ele foi capturado durante uma nova etapa da operação 'Hórus' que teve início nas primeiras horas da manhã, quando os policiais civis se deslocaram até a zona rural de Palmeirópolis, depois que as investigações apontaram que o jovem poderia estar escondido na região.

Após várias horas de diligências e campanas, por volta das 17h, os agentes chegaram até uma residência, onde localizaram o condenado. Ele está recolhido na Casa de Prisão Provisória de Gurupi aguardando a transferência para Goiás.

Motivação

De acordo com o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque, ao ser preso, o jovem afirmou que assassinou o próprio tio por medo de ser agredido ou mesmo morto por ele, uma vez que a vítima tinha histórico de ser agressiva e já havia cometido homicídios.

As investigações apontaram que, após desferir mais de 40 facadas no tio, fato ocorrido na casa em que ambos residiam, em Goiânia, o homem fugiu, mas retornou ao local momentos depois e degolou o próprio tio, pois temia que ele pudesse sobreviver e quisesse se vingar”, ressaltou o delegado.

Condenado estava na zona rural de Palmeirópolis

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.