Foragido da justiça

Traficante condenado a 17 anos tenta vender arma em bar e acaba preso em Araguaína

Uma mulher que estava com o homem também foi presa.

Por Redação 1.283
Comentários (0)

26/05/2020 09h23 - Atualizado há 1 mês
Arma apreendida

Um casal suspeito de comércio ilegal de arma de fogo foi preso em Araguaína durante ação de combate à criminalidade realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) na tarde desta segunda-feira (25).

De acordo com o delegado Guilherme Torres, os policiais civis da DHPP realizavam diligências no sentido de localizar o paradeiro de um homem de 27 anos que tinha um mandado de prisão preventiva em aberto por tráfico de drogas e também é investigado por suposto envolvimento em um homicídio em Araguaína.

Logo no início da tarde, os agentes localizaram o homem na companhia de uma mulher de 26 anos em um bar no Bairro São João.

Durante a abordagem, os agentes descobriram que na verdade os dois estavam no local porque o homem estava tentando vender um revólver calibre 357, municiado, e a mulher estaria intermediando a negociação.

Diante dos fatos, os dois foram presos em flagrante e conduzidos à Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguaína, onde foram autuados por comércio ilegal de arma de fogo.

Na ocasião, o delegado também deu cumprimento a mandado de prisão preventiva contra o homem, o qual possui condenação de 17 anos de reclusão por tráfico de drogas.

A mulher foi encaminhada à Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia e o homem ao sistema prisional do Tocantins.

Segundo a polícia, as investigações continuam no sentido de apurar o real envolvimento do homem preso em um homicídio ocorrido há algumas semanas em Araguaína.

Homem foi preso em um bar

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.