Sul do estado

Animal morre após participar da cavalgada de abertura da 49ª Feira Agropecuária de Gurupi

Sindicato Rural divulgou nota lamentando a morte do animal.

Por Conteúdo AF Notícias 820
Comentários (0)

29/04/2024 09h50 - Atualizado há 2 meses
Égua morreu após realização da cavalgada.

Notícias do Tocantins -  Uma égua morreu no início da noite deste domingo (28/04), no centro de Gurupi, sul do estado. O animal fazia parte de uma comitiva de Figueirópolis que estava na cidade para participar da cavalgada que antecede a realização da 49ª Expo Gurupi.

Oito comitivas com diversos integrantes participaram do evento. Até o momento não se sabe o motivo da morte do animal.

A concentração começou às 10h na chácara Linolândia, na saída para o município de Peixe. Cavaleiros e amazonas partiram em direção ao Parque de Exposições de Gurupi às 13h. O percurso foi feito durante toda a tarde nos desfiles das comitivas. Ao longo do trajeto, foram instaladas caixas d'agua para hidratação dos animais e pontos de descanso, segundo a organização da cavalgada.

Após o fato ocorrido, o Sindicato Rural de Gurupi emitiu uma nota lamentando o ocorrido e disse que colocou um veterinário à disposição durante toda a cavalgada para prestar atendimento e socorrer os animais que participaram do evento e que precisaram de algum tipo de apoio. A nota afirma ainda que o referido animal morreu fora do percurso da Cavalgada e após o término do evento.

NOTA 

"O Sindicato Rural de Gurupi lamenta profundamente a morte de um animal, ocorrida na noite deste domingo, fora do percurso e após o término da Cavalgada.
A entidade se solidariza com todos aqueles que, assim como o próprio Sindicato Rural de Gurupi, lutam valorosamente pela defesa das causas animais.

Importante destacar que, desde o início da organização do evento, o Sindicato Rural de Gurupi sempre pensou no bem-estar dos animais, determinando quatro pontos de parada para descanso durante o percurso da Cavalgada e a instalação de três pontos de água para a hidratação e cuidado dos animais.

Além disso, o Sindicato Rural de Gurupi também colocou um veterinário à disposição, durante toda a Cavalgada, para prestar atendimento e socorrer os animais que participaram do evento e que precisaram de algum tipo de apoio.

Todos esses serviços oferecidos pelo Sindicato pelo bem-estar dos animais foram amplamente divulgados pela imprensa e era de conhecimento dos participantes.

Infelizmente, neste caso, o auxílio do veterinário oferecido pelo Sindicato Rural de Gurupi na Cavalgada não foi acionado pelo proprietário do animal, já que o referido animal morreu fora do percurso da Cavalgada e após o término do evento.

Lamentamos profundamente o ocorrido e reforçamos nosso compromisso da defesa, do cuidado e do respeito às causas animais".

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.