Cães e gatos

Centro de Castração realiza cerca de 50 cirurgias gratuitas no primeiro mês em Araguaína

O objetivo é reduzir número de casos de doenças transmitidas por esses animais.

Por Redação 588
Comentários (0)

23/11/2020 08h43 - Atualizado há 2 meses
Atendimentos estão sendo priorizados em bairros com maior quantidade de casos de calazar

Com o objetivo de fazer o controle de natalidade de cães e gatos, evitando o abandono e combater a proliferação de doenças como a leishmaniose, também conhecida como calazar, o primeiro Centro Municipal de Castração de Cães e Gatos público da cidade só no primeiro mês de funcionamento foram realizadas cerca de 50 castrações gratuitas. O trabalho de castração de animais domésticos é realizado com base no levantamento do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Araguaína, em relação a incidência de animais doentes nos bairros da cidade.

De acordo com o coordenador do Centro de Castração Público, Henrique Xisto, os atendimentos estão sendo priorizados em bairros com maior quantidade de casos de calazar. “Começamos no setor Araguaína Sul e agora estamos fazendo a triagem em outros bairros com o suporte dos agentes de endemia do CCZ”, disse o coordenador.

O serviço é oferecido àqueles proprietários de animais com renda igual ou inferior a três salários-mínimos e que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. Após o encaminhamento do agente de combate a endemias, o animal deve ser cadastrado e o dono precisa comprovar que reside no Município.

Na casa do morador Joabson Alves de 42 anos, a família cuida na residência localizada no bairro Senador de 16 gatos que foram resgatados das ruas. Desses, seis já foram atendidos pelo Centro de Castração do Município.

“Minha mãe sempre faz o resgate desses animais abandonados na rua para depois encaminhar para a doação, alguns acabam ficando, porque a família se apega. Por isso esse auxílio da Prefeitura está sendo importante para ajudar no controle de natalidade”, explicou Joabson.

O serviço

O Centro Municipal de Castração de Cães e Gatos conta com conta com dois consultórios, sala de lavagem, centro cirúrgico e sala de recuperação para os animais. Todo o serviço é feito por veterinários e profissionais da saúde do Município que realizam as cirurgias em uma parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Associação Protetora dos Animais de Araguaína (APAA), que disponibilizam insumos para as cirurgias e acadêmicos do curso de Medicina Veterinária para a realização de estágio.

Animais resgatados pela associação também são atendidos no centro, ajudando no controle populacional dos animais para evitar o aumento de zoonoses (doenças de animais transmitidas para as pessoas) no Município.

(Felipe Maranhão)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.