Norte do Tocantins

Comerciante denuncia perseguição política após não votar em candidato apoiado pela prefeita de Xambioá

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

12/07/2018 10h09 - Atualizado há 2 semanas
Márcia Costa//AF Notícias O comerciante Osvaldo Araújo Gomes denunciou a prefeita de Xambioá, Patrícia Evelin, e o irmão dela, o Secretário Municipal de Administração Nelson Matos Câmara, por perseguição política. A acusação foi feita ao Ministério Público Estadual e ocorre após o comerciante ter sido notificado para desocupar um box no Mercado Municipal da cidade. Segundo o comerciante, a prefeitura requisitou a desocupação porque ele não votou no candidato apoiado pela prefeita na eleição suplementar para governador disputada em junho. Osvaldo Araújo votou em Mauro Carlesse (PHS), mas Patrícia Evelin apoiou Vicentinho Alves (PR). A notificação pede que o comerciante desocupe o box imediatamente para a reforma geral nos sistemas de energização do Mercado Municipal. Outro detalhe alegado é que uma caixa de distribuição de disjuntores fica instalada no espaço ocupado por Osvaldo. A prefeitura também alega que a ação beneficiará a coletividade e a resistência demonstra que o comerciante não tem interesse em colaborar. Cinco filhos para alimentar  Osvaldo é pai de cinco filhos e sobrevive das vendas realizadas no mercado. Ele trabalha no box desde março de 2017 e paga as despesas do consumo de água, energia e o alvará de funcionamento. Segundo o comerciante, o pedido de desocupação não tem motivo legal aparente, sendo apenas uma 'dissimulação'. “Só existe uma caixa de disjuntor de controle de energia no ponto comercial que ocupo no Mercado Municipal e ela nunca foi aberta (ligada ou desligada)", afirmouSegundo Osvaldo, não há necessidade de desocupação para retirar a caixa do local. O vereador de Xambioá, Eudo Pereira, teve conhecimento do caso e gravou um vídeo afirmando que a prefeita está perseguindo o comerciante. "Sinto-me triste pela perseguição política que a senhora prefeita tem feito com os vereadores e populares. Dessa vez, foi o senhor Osvaldo que trabalha no Mercado. Ele se recusou a votar no candidato da Prefeita porque ele achava que não era o melhor para o Tocantins. Dessa forma, ela e o irmão resolveram se vingar", afirmou O vereador também disse que o caso é uma 'vergonha'. "Onde está a democracia nisso. Não respeitam o direito do cidadão, pai de família, de escolher o seu próprio candidato. Isso é uma vergonha", pontuou. Outro lado Ao AF Notícias, a prefeitura de Xambioá afirmou que será realizado um serviço de restauração dos serviços elétricos no Mercado Municipal Antônio Alves de Sousa. Em decorrência disso, a solicitação foi entregue ao comerciante para que ele providenciasse a retirada dos seus produtos e mercadorias do box. “No local existe uma caixa de Distribuição Elétrica que já tem causado alguns transtornos devido ao tempo que está sem ser reparada. Isso pode ser prejudicial até mesmo à integridade física dos frequentadores do local, pois também funciona um bar e fica impossível a realização dos referidos serviços de reparos sem a evacuação do local", afirmou a prefeitura. Quanto ao prazo, a prefeitura disse que o comerciante poderá procurar a Secretaria de Administração e Planejamento e ajustar-se às datas para que ele não seja prejudicado. "A prefeita de Xambioá não tem interesse em perseguir nenhuma pessoa da cidade, sendo possível notar em sua conduta o perfil democrático que tem adotado em toda a sua trajetória política e administrativa”, finalizou. Veja o vídeo [af_youtube url="https://youtu.be/lDfuyA15AMI"]Vídeo não carregou[/af_youtube] Notificação da prefeitura  Denúncia protocolada no MPE    

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.