Pandemia

Comerciantes e músicos acampam na frente da prefeitura de Araguaína após novo decreto

Trabalhadores são contra endurecimento das medidas apenas para alguns segmentos.

Por Conteúdo AF Notícias 1.633
Comentários (0)

02/03/2021 13h48 - Atualizado há 1 mês
Manifestantes em frente a prefeitura

Representantes dos segmentos comerciais mais afetados pelo endurecimento das restrições impostas pela Prefeitura de Araguaína para conter o avanço da covid-19 decidiram protestar contra as novas medidas.

Os trabalhadores se reuniram na Via Lago na tarde desta segunda-feira (1º de março) e depois se dirigiram até o Gabinete do Prefeito, na Avenida José de Brito, onde passaram a noite. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram que houve até churrasco no local.

Participam da manifestação donos de bares, restaurantes, distribuidoras de bebidas, colaboradores, músicos e outros. 

VEJA TAMBÉM

Segundo Djiovani Cerneck, proprietário do bar e restaurante Andante, o prefeito Wagner Rodrigues recebeu a categoria ainda na noite desta segunda, mas os manifestantes vão continuar com o protesto até a flexibilização das medidas.

O empresário afirma que os bares já dispensaram todos os funcionários, e que os garçons, cozinheiros e outros trabalhadores não têm mais o auxílio emergencial e questionou o endurecimento das medias principalmente no período noturno. Segundo ele, o avanço da pandemia na cidade só seria contido se houvesse uma paralisação geral. “O que resolveria seria um decreto fechando tudo por 21 dias”, afirma.

Mais afetados

Os bares, restaurantes, distribuidoras de bebidas e músicos estão entre os segmentos mais afetados pelo Decreto 010/21, publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (1º de março).

Entre as medidas impostas pelo decreto estão a suspensão de música ao vivo; proibição do consumo de bebida alcoólica em qualquer estabelecimento comercial, industrial e de serviços; e redução do horário de funcionamento de bares, restaurantes e outros estabelecimentos (agora das 7h às 21h).

Além disso, também foi proibida a circulação de pessoas nas ruas das 00h às 5h, o que é chamado de toque de recolher. As novas regras já estão em vigor e seguem até 15 de março, podendo haver prorrogação. 

Assista ao vídeo 

Vídeo

 

Houve até churrasco em frente a prefeitura

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.