Gurupi

Força-tarefa dispersa quase 15 aglomerações dentro de residências no sul do Tocantins

Além das suspensões, orientações técnicas foram realizadas em 27 estabelecimentos.

Por Redação
Comentários (0)

26/04/2021 14h29 - Atualizado há 7 meses
Integrantes da força-tarefa

A força-tarefa realizada pela Prefeitura de Gurupi com o apoio do Governo do Tocantins continua intensificando a fiscalização na cidade conhecida como a Capital da Amizade com o objetivo de combater o aumento de casos de covid-19.

Aglomerações e uma festa clandestina em residências foram suspensas neste final de semana. 

Segundo os dados da força-tarefa de Fiscalização Municipal, no último sábado (24) foram realizadas orientações técnicas em 27 estabelecimentos, 14 aglomerações em residências (dispersadas), uma notificação em estabelecimento comercial e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado por causa de uma festa clandestina em uma residência, conforme delito previsto no Código Penal Brasileiro (artigo 268). 

O coordenador da força-tarefa Municipal, Sargento Jenilson, ressaltou que a fiscalização atuou em todas as regiões da cidade com abordagens preventivas e orientações técnicas.

"Estamos usando todos os recursos possíveis, tanto de pessoal como tecnológico, mas infelizmente ainda temos uma parcela significativa da comunidade que insiste nas aglomerações em residências e chácaras. Para conter essa pandemia, precisamos do poder público e da sociedade juntos nesta luta, que é de todos", alertou.

Os órgãos integrados na operação foram Polícia Militar (PM-TO), Corpo de Bombeiros (CBM-TO), Polícia Civil, Detran, Procon, Agência Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) e Vigilância Sanitária de Gurupi.

Capacitação

No último sábado também foi realizada uma capacitação com parte dos fiscais da Vigilância Sanitária contratados para combater a proliferação da doença e visando maior eficiência no combate às aglomerações na cidade. O treinamento consistiu na operação do sistema de videomonitoramento da região urbana do município.

A ação foi uma parceria da prefeitura com o Comando do 4° Batalhão da Polícia Militar em Gurupi. A capacitação foi realizada pelo 2° sargento Danúbio Gonçalves, que é responsável pelo projeto “Olho Vivo” na unidade militar.

"Mais eficiência e economia de esforços para diminuirmos essas aglomerações na cidade", afirmou Sargento Jenilson. "Essas ações nos ajudam a diminuir esforços nas diligências e podermos atuar de forma preventiva", pontuou o comandante do 4º BPM, coronel Wesley Costa.

Disque Denúncia

O gurupiense que observar irregularidades no cumprimento das normas de restrição pode denunciar pelos seguintes canais: Ouvidoria - 3315-0077 (whatsapp), de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas; Disque Covid (63) - 9-9206-5245 (whatsapp), disponível 24 horas; e ainda no Disque Denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) - 127.

Integrantes da força-tarefa
A Polícia Militar também participou da ação

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.