Investigação

Governo investiga sumiço de equipamentos agrícolas em Colinas, Piraquê, Goiatins e Nazaré

Por Redação AF
Comentários (0)

21/08/2017 08h56 - Atualizado há 2 anos

Os prefeitos de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo (PRB); Piraquê, Eduardo Sobrinho (PMDB); Nazaré, Elvira Chagas (PV) e de Goiatins, Antônio Luiz (PR), têm 60 dias para explicar o sumiço de tratores e equipamentos do programa Terra Forte, da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro). A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado.

O programa foi criado em 2013 para auxiliar pequenos produtores. A ideia era que equipamentos como tratores, plantadeiras e pulverizadores fossem cedidos para o uso de agricultores familiares.

Através do programa, o governo cedeu máquinas e implementos agrícolas aos 139 municípios. O investimento em 2013 foi de cerca de R$ 28 milhões com a aquisição de implementos que foram cedidos às prefeituras. Na época, foram entregues 220 tratores, 220 grades de arado, 226 calcareadeiras, 226 plantadeiras, além de 106 pulverizadores, 108 roçadeiras, 10 perfuradores e 10 tratores grandes para utilização na agricultura familiar. As entregas aconteceram no final de 2013 e foram realizadas em sete regionais: Gurupi - 17 municípios, Guaraí – 23 municípios, Araguaína – 20 municípios, Paraíso do Tocantins - 18 municípios, Porto Nacional – 21 municípios, Taguatinga - 15 municípios, Tocantinópolis - 25 municípios e também para Associações, Sindicatos, Escolas Técnicas, Assentamentos, e Comunidade Quilombola.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.