Clemência

Júri popular perdoa idoso de 80 anos com câncer durante julgamento por tentativa de homicídio

Réu tentou matar Silvano Pereira Lopes com tiros e golpes de faca.

Por Redação
Comentários (0)

24/10/2023 08h10 - Atualizado há 5 meses
Réu está acamado por causa de um câncer

Por quatro votos a três, a tese de clemência (perdão pelo sentimento de piedade) foi acolhida pelo conselho de sentença do Tribunal do Júri de Araguaçu (TO) para absolver o idoso José Pereira Folha, de 80 anos, réu por tentativa de homicídio que encontra-se acamado e em tratamento contra um câncer de próstata. O julgamento, realizado na última sexta-feira (20/10), foi presidido pela juíza Keyla Suely Silva, da 1ª Escrivania Criminal da Comarca.

De acordo com a denúncia, o réu tentou matar Silvano Pereira Lopes com disparos de arma de fogo e golpes de faca no dia 1º de novembro de 2015, em um bar localizado no município de Sandolândia, Sul do Tocantins.

Apesar da materialidade dos fatos, a absolvição do réu ocorreu em resposta a quesito genérico de absolvição previsto no Código de Processo Penal, considerando a livre convicção dos jurados.

 Condenação

Em outro júri, realizado no dia 18 de outubro (quarta-feira), Flavio Milhomem Barbosa foi condenado a 3 anos e 2 meses por tentativa de homicídio simples contra Georges Apolinário da Silva por causa de uma dívida de drogas. O réu estava preso há mais de 1 ano, prazo esse que diminui da pena final.

Outros dois casos de crimes contra a vida serão julgados nos dias 7 e 8 de novembro, quando vão a julgamento Josué Araújo de Souza e Deirismar Dias Monteiro, respectivamente.

As sessões estão previstas para acontecer a partir das 9 horas, no Salão do Júri do Fórum de Araguaçu.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.