Tocantins

Marina lança Márlon Reis como pré-candidato a governador do Tocantins na eleição suplementar

Por Redação AF
Comentários (0)

30/03/2018 16h00 - Atualizado há 1 mês
O ex-juiz eleitoral Márlon Reis, mentor da Lei da Ficha Limpa, será lançado neste sábado (31) em Palmas como pré-candidato ao governo do Tocantins pela Rede Sustentabilidade na eleição suplementar que ocorrerá no dia 3 de junho. O evento terá a presença da porta-voz nacional do Rede e pré-candidata à Presidência da República, Marina Silva, e demais lideranças do partido, além de líderes de associações, sindicatos e entidades representativas do Tocantins. "Estamos vendo nascer um grande movimento espontâneo por parte da população que deseja limpar a política das práticas corruptas e dos desmandos. Nossa pré-candidatura nasce com este espírito, de propor uma maneira nova de governar, com pulso firme no combate às ilegalidades e com ações que garantam o desenvolvimento de fato do nosso Tocantins", pontuou Márlon Reis. Na última semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato do governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice-governadora Cláudia Lelis (PV) por caixa dois durante a campanha de 2014. Nos últimos sete anos, o estado do Tocantins teve oito governadores. Uma sucessão de cassações e mandatos interrompidos pela Lei da Ficha Limpa. Márlon Reis tem se posicionado como um nome que representa mudança na política regional e nacional. Além do combate à corrupção, defende uma gestão transparente, participativa e inovadora. A Lei da Ficha Limpa foi criada a partir de um projeto de lei de iniciativa popular idealizado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e reuniu 1,6 milhão de assinaturas. A proposta enfrentou a resistência inicial do Congresso, mas acabou aprovada sob forte pressão popular em maio de 2010, de forma unânime. Sancionada pelo ex-presidente Lula, enquanto presidente, a lei torna inelegível por oito anos o candidato que tiver o seu mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado. Críticos da lei alegam que a norma fere a soberania do eleitor de escolher seus candidatos e atenta contra o princípio da presunção da inocência, já que o candidato fica inelegível sem a Justiça ter concluído seu processo. Desde sua implantação, magistrados têm divergido sobre a forma de aplicação da lei, o que deixa incerto o cenário em relação a Lula. Idealizador da Ficha Limpa, o ex-juiz eleitoral Márlon Reis defende a aplicação da lei a quem for, inclusive o ex-presidente Lula. “Se há alguma crença de injustiça no caso dele, ela deve ser dirigida à Justiça Criminal, não à Lei da Ficha Limpa, que não tem nada a ver com isso. A Lei da Ficha Limpa é abstrata, não foi pensada para atingir ninguém em particular. Ela precisa ser defendida com afinco, porque chama atenção para a necessidade de mudança de comportamento na política”, disse. Natural de Pedro Afonso (TO), Márlon Jacinto Reis é jurista, advogado e ex-magistrado brasileiro, além de idealizador da Lei da Ficha Limpa. Ganhou notoriedade como juiz de direito, cargo que ocupou até abril de 2016, e pelo combate à corrupção no Brasil. Ele idealizou e fundou, juntamente com lideranças sociais, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). Com informações do Congresso em Foco.

Comentários (0)

Mais Notícias

Outros 9 convocados

Amastha é convocado para depor dia 30 na CPI que investiga rombo no PreviPalmas

Os depoimentos estão marcados para os dias 30 deste mês e 6 de novembro.

Tocantins

MPE pede afastamento de prefeito por farra de contratações e gastos excessivos

O MPE requer ainda que seja determinada a redução de 20% nos gastos em 30 dias.

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.