Saúde coletiva

MEC aprova residência em nutrição, enfermagem e psicologia no HDT de Araguaína; bolsa de R$ 3,3 mil

Serão ofertadas 8 vagas para profissionais da enfermagem, psicologia e nutrição.

Por Redação 1.061
Comentários (0)

26/01/2020 10h25 - Atualizado há 3 semanas
O edital deve ser publicado no próximo mês de fevereiro

O Ministério da Educação (MEC) aprovou a abertura de oito vagas para residências multiprofissionais no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), em Araguaína (TO), com enfoque em doenças tropicais. As vagas serão distribuídas nas áreas de enfermagem (4), nutrição (2) e psicologia (2).

As turmas do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva com Ênfase em Doenças Tropicais terão a duração de dois anos e o pré-requisito para concorrer às vagas é a conclusão da graduação na área pretendida e ter disponibilidade para 60 horas semanais de dedicação.

Será ainda ofertada uma bolsa no valor de R$ 3.330,00 aos residentes. Mais informações serão divulgadas no edital de seleção, previsto para ser publicado no mês de fevereiro.

Para o gerente de ensino e pesquisa, Antônio Oliveira dos Santos Júnior está é uma grande conquista por ser a primeira residência nesta modalidade em Araguaína. “O programa permitirá a qualificação da assistência prestada à população do município e região com a formação de novos profissionais, fortalecendo o ensino e o ambiente de discussão acadêmica”.

O coordenador da Comissão de Residência Multiprofissional de Saúde (Coremu), professor Wagner Mariano lembra que o projeto foi submetido ao MEC em 2018 e é fruto de discussões dos membros, formado por multiprofissionais com intuito de atender o anseio da unidade hospitalar para a formação continuada em doenças tropicais.

Saiba mais

O programa tem o objetivo de formar profissionais especialistas em Saúde Coletiva com Ênfase em Infectologia, através de metodologias ativas de aprendizagem a partir das vivências de serviço, para o desempenho de ações de cuidado no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), tendo por base um modelo assistencial que visa o desenvolvimento dos processos formativos sociais e regionais de caráter multiprofissional e consequente melhoria na qualidade da assistência prestada aos usuários do SUS.

Sobre a Rede Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.