Colinas do Tocantins

Moradores vivem de aluguel enquanto 75 casas populares estão de portas fechadas há um ano

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

21/08/2017 18h25 - Atualizado há 1 mês
Um total de 75 casas populares estão prontas há mais de um ano em Colinas do Tocantins, mas ainda não foram entregues à população. A denúncia é do vereador Romerito Guimarães (PT), que cobrou do prefeito Adriano Rabelo (PRB) a entrega das unidades habitacionais "o mais rápido possível".  O conjunto foi financiado pela Caixa Econômica Federal e fica localizado no Setor Santa Maria. O parlamentar afirmou que as casas ficaram prontas em agosto de 2016, mas não foram entregues por conta do período eleitoral, quando há expressa proibição em lei. "Já estamos no mês de agosto de 2017 e a atual gestão vem construindo obstáculos para não entregar as casas", disse Romerito. Para o vereador, a situação é um 'descaso com os moradores mais necessitados', pois vários beneficiários moram de aluguel ou de favor na casa de parentes e sonham em possuir a casa própria. Ainda de acordo com o vereador, os endereços foram sorteados e as famílias já conhecem suas casas. "A atual gestão falou aos futuros moradores para que cuidassem cada um da casa, fazendo limpeza dos quintais e vigiando para que não sofressem vandalismo, porém as chaves nunca foram entregues", lamentou o vereador Romerito Guimarães. O OUTRO LADO A Prefeitura de Colinas disse que realizou uma reunião, no dia 18 de agosto, com as famílias contempladas pelo Programa Habitat e vereadores para esclarecer dúvidas quanto à demora para entrega dos imóveis. Segundo a prefeitura, o programa é desenvolvido pela Associação Habitat Para a Humanidade, uma organização civil que atua junto a famílias com vulnerabilidade social. A Prefeitura explicou que a associação Habitat atua no município há vários anos, porém, um percentual das unidades construídas não foram transferidas aos proprietários e estão com o pagamento de IPTU em atraso. Como as dívidas continuam em nome da associação, a prefeitura disse que não pode emitir as certidões negativas de débito, impedindo a entrega dos imóveis.

Comentários (0)

Mais Notícias

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Notícias falsas

TSE vai anunciar medidas contra fake news após tensão entre Haddad e Bolsonaro

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema.

Concurso PM

Por requisição do MPE, PM vai apurar falhas no concurso para soldado e oficial

Cerca de 16 candidatos são acusados de fraudar as provas para o concurso da PM do Tocantins

Educação

Quase 130 professores de Araguaína ganham progressões salariais na carreira

Os educadores que subiram de nível receberão aumento em seus salários a partir de fevereiro de 2019

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.