Protesto

Passageiros protestam contra escassez de coletivos e superlotação na Capital

Protesto paralisou o transporte por cerca de 30 minutos, segundo manifestantes.

Por Nielcem Fernandes
Comentários (0)

23/03/2019 11h45 - Atualizado há 1 ano
Os passageiros impediram os coletivos de seguir viagem até conseguirem embarcar

Usuários do transporte público da Capital fizeram uma manifestação na manhã do último sábado (23) na estação Xerente, no Jardim Aureny III, região sul de Palmas. 

Os passageiros bloquearam a pista em protesto contra a superlotação e a escassez de ônibus, principalmente aos finais de semana, e barraram os coletivos por cerca de 30 minutos.

O universitário Paulo Victor Gualberto disse ao AF Notícias que a superlotação é um problema recorrente de segunda a sábado. "Quando chegamos na estação já tinha muita gente na frente do eixão e ai eu perguntei o que estava acontecendo. O pessoal disse que iria interditar por que todos os ônibus que tinham passado desde as 7h da manhã estavam lotados e nem paravam para pegar mais passageiros. Toda vez que está perto de aumentar o preço da passagem isso acontece. O coletivo vem lotado todos os dias, de segunda a sábado. O pessoal está indignado e resolveu parar todos os coletivos até conseguir embarcar", disse.

 A reportagem entrou em contato com a empresa responsável pelo transporte coletivo de Palmas que alegou normalidade nas linhas e negou o problema de diminuição da frota. “A paralisação não durou nem cinco minutos. A linha está funcionando normalmente e não há falta de ônibus para atender a população”, disse um representante da Expresso Miracema.

A Polícia Militar foi acionada e os manifestantes desbloquearam a via logo em seguida.

VÍDEO

Vídeo

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.