Onda de insegurança

Paulo Roberto sobe o tom, cobra segurança e propõe 'supersecretaria' comandada por Silva Neto

Por Redação AF
Comentários (0)

20/07/2016 10h15 - Atualizado há 2 meses
A onda de violência que tomou conta de Araguaína fez o  pré-candidato à prefeito, Paulo Roberto (PPS),  subir o tom e a adotar um discurso linha dura contra a falta de segurança pública na cidade. "Chegamos ao limite, não dá mais; as autoridades precisam acordar; a sociedade araguainense virou refém da ditadura do crime; aqui, mata-se rindo e por qualquer coisa, e as autoridades fingem que não veem nada", disse Paulo Roberto. Nos últimos meses, a onda de violência chegou a um limite insuportável, com várias assassinatos, inclusive de trabalhadores, como o que aconteceu com o gerente das lojas Liliane, morto durante um assalto, crime que deixou a cidade revoltada. Apesar dos fatos, não se vê nenhuma ação ou empenho  das autoridades do município ou do estado para resolver o problema da segurança pública em Araguaína. O pré-candidato cita a própria  Constituição Federal,  art 144, que diz claramente: "a segurança pública é um dever do Estado, direito e responsabilidade de todos". Para Paulo Roberto, falta vontade dos gestores para resolver o problema. "Segurança é responsabilidade também do Município. O prefeito só não resolve se não quiser. Aliás, se sobra dinheiro para obras faraônicas e inacabadas, falta vontade para acabar com a violência em Araguaína. O prefeito Ronaldo Dimas não pensa na população, só pensa nele e no seu grupinho; enquanto isso, a população vive sequestrada pelo crime", disse Paulo Roberto. Guarda Municipal O pré-candidato reafirmou mais uma vez seu compromisso com a segurança pública ao propor a criação de uma supersecretaria, que seria comandada pelo tenente coronel Silva Neto. Paulo Roberto disse que vem mantendo contato com Silva Neto nesse sentido. De acordo com o pré-candidato, a supersecretaria abrigaria  o trânsito e a guarda municipal. "Dinheiro tem, agora, só falta vontade. O prefeito só não resolveu até agora o problema da segurança pública porque não quis; ele prefere transformar praça em passeio, deixar obra pela metade, aumentar iluminação pública e IPTU, deixar UPA fechada, massacrar servidor público e fechar os olhos para a população", disse Paulo Roberto, deixando claro que segurança pública será prioridade numa possível administração, caso  vença as eleições deste ano. (Da assessoria).

Comentários (0)

Mais Notícias

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Violência

Adolescente de 15 anos é morto com três tiros durante assalto no sul do Estado

O menor foi atingido por três disparos na cabeça e no tórax.

Acidente

Mulher tem perna esmagada por veículo após acidente em cruzamento de Palmas

Testemunhas disseram que a motociclista tentou atravessar a Teotônio quando foi atingida

Álcool e direção

Motorista bêbado invade a contramão, colide e mata motociclista na TO-080

Com o impacto da batida, moto e condutor foram arremessados cerca de 30 metros.

Perigo

Crianças são arrastadas por enxurrada enquanto banhavam em córrego de Palmas

Os garotos tomavam banho no córrego quando foram surpreendidos pela força da água.

Engavetamento

Ônibus perde freios e provoca engavetamento na principal avenida de Araguaína

O engavetamento envolveu um ônibus, um veículo de passeio e um caminhão de pequeno porte.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.