Investigação do MPTO

Prefeita de Gurupi nega nepotismo e diz que denúncias anônimas tentam só 'denegrir e tumultuar o processo'

Denúncia levanta suspeitas sobre nepotismo e improbidade.

Por Redação 764
Comentários (0)

06/04/2024 09h49 - Atualizado há 3 meses
Josi Nunes, prefeita de Gurupi

Notícias do Tocantins - A Prefeitura de Gurupi negou, em nota, a existência de irregularidades na gestão de Josi Nunes e ressaltou que denúncias anônimas em ano eleitoral são comuns e visam ‘apenas tumultuar o processo’.

Nesta sexta-feira, o AF Notícias divulgou que o Ministério Público do Tocantins (MPTO) instaurou um Inquérito Civil Público para investigar possível prática de nepotismo no âmbito do Município de Gurupi. A investigação teve início após uma denúncia anônima que levantou suspeitas sobre nomeações realizadas pela prefeita Josi Nunes, do União Brasil.

Na nota, a prefeitura destaca que nenhum dos casos citados na reportagem se enquadra em situação prevista em lei acerca de nepotismo, “portanto, a denúncia é inconsistente e busca apenas criar uma narrativa para gerar manchete negativa contra a prefeita Josi Nunes”.

Também cita que toda a documentação solicitada pelo Ministério Público já foi encaminhada e comprova a versão apresentada pela gestão municipal, demonstrando a realidade dos fatos, diferente do apresentado na denúncia anônima.

“Em virtude de ser ano eleitoral, é comum a utilização das chamadas ‘denúncias anônimas’ visando criar fatos para denegrir a imagem de pessoas como a prefeita Josi Nunes, se utilizando de situações que não tem o objetivo de contribuir com a melhora na qualidade de vida da população de Gurupi, mas apenas tumultuar o processo. No entanto, fatos como este em desconexão com a verdade não costumam prosperar”, finalizou a nota.

Veja a nota completa

"Sobre matéria publicada pelo portal AF Notícias relacionada à prefeita Josi Nunes, cabe esclarecer que: 

1 - Nenhum dos casos citados na reportagem se enquadra em situação prevista em Lei acerca de Nepotismo, portanto, a denúncia é inconsistente e busca apenas criar uma narrativa para gerar manchete negativa contra a prefeita Josi Nunes. 

2 - Toda a documentação solicitada pelo Ministério Público já foi encaminhada e comprova a versão apresentada pela Gestão Municipal, demonstrando a realidade dos fatos, diferente do apresentado na “denúncia anônima” citada na matéria. 

3 - Em virtude de ser ano eleitoral, é comum a utilização das chamadas “denúncias anônimas” visando criar fatos para denegrir a imagem de pessoas como a prefeita Josi Nunes, se utilizando de situações que não tem o objetivo de contribuir com a melhora na qualidade de vida da população de Gurupi, mas apenas tumultuar o processo. No entanto, fatos como este em desconexão com a verdade não costumam prosperar. 

Secretaria de Comunicação
Prefeitura de Gurupi"

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.