Tocantins

Professores exonerados no início do ano ainda não receberam direitos e temem calote do Governo

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

14/03/2016 14h15 - Atualizado há 1 semana
Da Redação //AF Notícias Centenas de professores contratados pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura que foram exonerados no início deste ano de 2016 ainda não receberam os direitos trabalhistas e temem um calote do Governo do Estado. Os docentes trabalharam no ano passado nas escolas públicas e no mês de fevereiro tiveram seus contratos extintos. A Secretaria da Administração (Secad) informou, na época que, os professores haviam sido contratados para suprir déficits gerados em função de licenças, exonerações, aposentadorias, remanejamento de funções, ou ainda decorrente da criação de novas turmas de alunos. Esses contratos poderiam ser renovados por mais um ano, mas, conforme a Secad, não foi solicitada a prorrogação. A relação dos cargos extintos foi publicada no Diário Oficial nº 4.563, de 19 de fevereiro de 2016. Um total de 3.315 contratos temporários foi extintos, sendo maioria de professores. Previsão A Secretaria da Educação, Juventude e Esportes informou por meio de nota que o pagamento dos professores está previsto para ser efetuado na folha do mês de março, a ser quitada em 12 de abril. Ainda conforme a secretaria, devido a publicação da extinção dos cargos ter ocorrido no dia 19 de fevereiro a folha de pagamento já havia sido fechada, por isso não foi possível fazer a quitação ainda no mês de fevereiro.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.