Araguaína

Samu não se responsabiliza por bens de vítimas de acidentes, diz nova portaria

Conforme a portaria, o tempo de resposta dos profissionais é de extrema relevância para salvar uma vida.

Por Agnaldo Araujo 2.079
Comentários (0)

11/10/2018 17h24 - Atualizado há 2 anos
A previsão foi regulamentada por portaria

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Araguaína não ficará responsável pelos bens pertecentes às vítimas de acidentes de trânsitos deixados no local do fato.

A previsão foi regulamentada através da portaria Nº 090, de 03 de outubro de 2018, da Secretaria Municipal de Saúde e já está em vigor.

Conforme a portaria, o objetivo principal do Samu é resguardar a vida, maior bem jurídico. "Em acidentes de trânsito, a vítima necessita de atendimento de urgência logo nos primeiros minutos que se sucedem do acidente, principalmente nos casos mais graves", afirma o texto. 

A portaria ressalta também que o Samu visa prestar atendimento pré-hospitalar de urgência com excelência à população e o tempo de resposta, após o acionamento da equipe, assim como o tempo de atendimento, é de extrema relevância para salvar uma vida.

Ainda conforme a portaria, a responsabilidade de assegurar, com eficácia, a ordem pública, a integridade das pessoas e do patrimônio, é de competência dos órgãos de segurança pública.

Portaria

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.