Reposição salarial

Sindicatos querem 6,5% de data-base; Governo diz que prioridade é pagar folha em dia e 13º salário

Por Redação AF
Comentários (0)

21/10/2017 20h36 - Atualizado há 2 meses
O secretário de Estado da Administração, Geferson Barros, se reuniu na quinta-feira (19) com sindicalistas ligados à Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos do Tocantins (Fesserto) para discutir sobre o pagamento da data-base 2017 aos servidores públicos estaduais, que é a recomposição das perdas salariais. O secretário se comprometeu a apresentar uma proposta nos próximos dias. A federação disse que busca o percentual de 6,5% de reposição, o mesmo aplicado nos outros poderes e instituições do Tocantins. "Queremos para o trabalhador do Executivo aquilo que foi concedido nos outros poderes e órgãos do Estado. Desta forma, manteremos isonomia entre todos", ressaltou o presidente da Fesserto, Carlos Augusto Melo de Oliveira (Carlão). Já Geferson Barros detalhou dificuldades financeiras do Estado e disse que a prioridade é pagar a folha em dia, bem como o 13º salário. Mesmo assim, ressaltou que vai se reunir com a equipe econômica do governo estadual e vê a possibilidade de ser apresentada uma proposta nos próximos dias, possivelmente com o pagamento da data-base de 2017 ocorrendo em 2018. A data-base envolve mais de 35 mil servidores efetivos do Estado. A reunião contou com a presença dos dirigentes do Sinfito (Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Estado do Tocantins), Sindjor (Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins), Sindagro (Sindicato dos Profissionais de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins), Afa-TO (Associação dos Funcionários da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins), Asmir (Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa e seus Pensionistas do Estado do Tocantins), Aometo (Associação dos Oficiais Militares do Estado do Tocantins), Para (Associação dos Praças Militares do Estado do Tocantins), ACEJBM-TO (Associação de Cooperação Estudos e Defesa jurídicas dos Bombeiros Militares no Tocantins), ABM-TO (Associação dos Bombeiros Militares do TO) e ASSPMETO (Associação de Subtenentes e Sargentos do Tocantins).

Comentários (0)

Mais Notícias

Fique atento

Agendamento de consultas pelo 0800 sofre mudanças em Araguaína; confira

 As mudanças no agendamento visam ampliar a capacidade de atendimentos por dia por meio da organização.

Feira

Feira do Jovem Empreendedor vende produtos de R$ 2 até R$ 20 em Araguaína

O objetivo do evento é desenvolver nos jovens estudantes o empreendedorismo na prática.

Concurso Público

Confira seis concursos públicos que devem ser realizados em 2019 no Tocantins

Previsões de concursos públicos estão na Lei nº 2.408, de 16 de novembro de 2018.

Emprego

Sine de Araguaína oferta vagas para engenheiro, farmacêutico e churrasqueiro

Há oportunidades para diversas áreas de atuação em todos os níveis de escolaridade.

LUTO

Corpo de menino de dois anos que morreu afogado é enterrado em Tocantínia

O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital Regional de Miracema, mas não resistiu.

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.